Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Craque

Nacional: Aderbal Lana encerra período de observações, mas faz mistério sobre escalação

O atual técnico do Naça anunciou o fim das observações, no entanto, a escalação para a partida contra o Penarol ficou em sete chaves



1.gif O time que vai encarar o Leão da Velha Serpa, nesta quarta-feira (01)
30/04/2013 às 07:40

Desde que assumiu o Nacional, o técnico Aderbal Lana, com o intuito de conhecer melhor os jogadores, fez vários testes e apresentou, a cada jogo do Amazonense, equipes mescladas com titulares e reservas. Classificado para a semifinal do returno do Estadual e prestes a enfrentar mais uma vez o seu ex-clube, Penarol, o comandante resolveu não revelar a escalação para o confronto e também anunciou o fim do “laboratório”.

O time que vai encarar o Leão da Velha Serpa, nesta quarta-feira (01), no estádio Roberto Simonsen, Sesi, só deve ser revelado minutos antes do jogo começar. “Ainda não defini a equipe que vai jogar contra o Penarol e, caso tivesse escolhido, também não falaria. O futebol evoluiu muito, está mais técnico, por isso vou esconder o time e vou deixar o meu adversário na dúvida”, disse Lana.

Após a série de testes, quando todos os jogadores tiveram a oportunidade de participar de jogos do Campeonato Amazonense, o treinador afirmou que agora conhece 100% o elenco nacionalino. “Eu precisava conhecer bem todos os atletas, precisava ter a base de uma equipe sólida. Eu gostei bastante do time que atuou na Copa do Brasil, mas a gente precisava ganhar tempo e, por isso, resolvi arriscar e testar os atletas durante o Amazonense. Mas o laboratório acabou, agora eu posso afirmar que o Nacional tem uma base e um banco bom e que posso contar com todo o elenco”, comentou o técnico.

Para garantir uma vaga na final do returno e consolidar o sonho de ser campeão amazonense no ano do centenário, o Leão da Vila terá que passar pelo Penarol. No último encontro dos times, o Leão do Interior levou a melhor e venceu por 1 a 0, mas, para Lana, o Naça estava melhor tecnicamente e por isso ele acredita que o jogo de amanhã será tranquilo. “Achei melhor enfrentar o Penarol na semifinal.

Acredito que a pressão seria maior se pegássemos o Fast nesta fase, pois teríamos um clássico na cidade. O Penarol é o melhor time do Estadual, no último jogo nós perdemos porque desperdiçamos muitas oportunidades, mas jogamos bem. Por isso, acredito que o jogo de amanhã será calmo, sem muita pressão. Jogar em Itacoatiara é tranquilo, o estádio está bacana e o gramado é muito bom”, pontuou o técnico, que também falou sobre a forte torcida do Penarol.

“A torcida não será um problema, afinal quem quer ganhar, ganha em qualquer lugar”, afirmou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.