Publicidade
Esportes
Reforço

Nacional apresenta Alan Bahia para temporada 2017 e já planeja novos reforços

Jogador teve passagem marcante pelo Altético-PR e ano passado disputou o Campeonato Amazonense pelo Rio Negro 17/01/2017 às 20:27 - Atualizado em 17/01/2017 às 20:29
Show zcr0318 101 p01
Alan Bahia foi apresentado nesta terça-feira (17) e deve ser uma das principais peças do time de Aderbal Lana. (Foto: Evandro Seixas)
Valter Cardoso Manaus-AM

Ainda no processo de estruturação da equipe para a temporada 2017, o Nacional apresentou nesta terça-feira (17) mais um reforço para a temporada: o experiente Alan Bahia.

Com passagem marcante pelo Atlético-PR, o jogador foi vice-campeão brasileiro e da Libertadores com o Furacão. No ano passado, o atleta teve a primeira experiência no futebol amazonense ao disputar o Barezão pelo Rio Negro. Hoje, aos 34 anos, o jogador descarta ter ‘virado a casaca’. “Acho normal, foi aquilo que eu fiz no rival que me trouxe aqui, então eu procuro fazer melhor aqui do que eu fiz no ano passado no rival”, explicou Alan Bahia, sem falar o nome do Rio Negro.

Na coletiva de imprensa, a palavra mais repetida pelo volante reflete também o maior desejo dos torcedores nacionalinos em 2017: ser feliz. “Fico muito feliz por mais uma vez voltar a Manaus, uma cidade que me acolheu muito bem, feliz por estar vestindo a camisa de um grande clube e feliz de estar trabalhando mais uma vez com o Lana que é um cara muito vencedor no futebol”, analisou o experiente jogador.

Com o primeiro jogo do Nacional marcado para o próximo dia 29, quando joga contra o Galvez, do Acre, pela pré-Copa Verde. Com pouco mais de duas semanas de até a partida, Alan Bahia garante que vai estar preparado para o confronto. 


Professor
Elogiado pelo novo reforço do Leão da Vila Municipal, Aderbal Lana destacou a importância da experiência de Alan dentro de campo, principalmente por conta do poder de investimento menor. “Você tem que trabalhar em cima de jogadores que não tem muita experiência a nível de futebol profissional, jogadores mais jovens, mas você também não pode entrar em uma competição só com a juventude. Você tem que tem algum jogador que tenha uma história, um passado, mas que jogue. O Alan, ano passado, provou que joga”, analisou Aderbal Lana, treinador do Nacional.

Se dentro de campo, o jogador vai desempenhar um papel importante para a equipe, fora das quatro linhas está o principal reforço “Esse foi o principal fator pela contratação dele. Um jogador de astral alto, jogador que traz alegria, joga, que sabe conversar, que auxilia dentro de campo, que conversa, isso é muito importante para a equipe que nós temos hoje”, resumiu Lana, que descartou dar ao volante a faixa de capitão da equipe.

Elenco
De acordo com o gerente de futebol do Nacional, José Reis, o clube tem hoje 80% da equipe pronta para a estreia contra o Galvez. Mas ainda faltam peças para compor o time principal. Um deles deve chegar no próximos dias ao time. “A gente tá na busca ainda de um homem de área para reforçar o elenco, um lateral direito que pode ser que a gente esteja anunciando nas próximas horas vindo de um grande clube de futebol brasileiro, também um meia e um goleiro”, revelou o dirigente, sem dar muitos detalhes sobre a negociação, mas que deixou algumas pistas. “Ele tem interesse de vir, o clube já sinalizou interesse de fazer a negociação conosco, mas eu preciso  ajustar alguns detalhes. O clube tá no exterior, tá voltando de pré-temporada, tá aguardando chegar a delegação no Brasil que deve tá chegando hoje”, contou José Reis. Questionado sobre a possibilidade de ser um dos times brasileiros que disputa a Florida Cup, ele se resumiu apenas em responder: “Pode ser”. Atualmente três clubes brasileiros disputam o torneio de pré-temporada: Corinthians, São Paulo e Vasco. 

Publicidade
Publicidade