Publicidade
Esportes
Craque

Nacional de olho no Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão

A equipe do Leão da Vila Municipal treinará nesta sexta-feira (31) à tarde no estádio Ribeirão, quando Lana deverá definir os 11 que começam o jogo 31/05/2013 às 10:02
Show 1
Roberto Dinamite é presença garantida na defesa
Paulo Ricardo Oliveira ---

Capitão do time e único amazonense a figurar na formação titular do Nacional atualmente, o volante Roberto Dinamite disse nesta quinta-feira (30) que a ordem é esquecer, por enquanto, a Copa do Brasil e direcionar o pensamento à  disputa da Série D, caminho para subir de divisão em 2014. O time sob comando de Aderbal Lana estreia sábado, 17h (de Manaus) diante do Náutico (RR), no estádio Ribeirão, em Boa Vista. “No treino de hoje (ontem) de manhã o Lana (Aderbal, técnico) pediu foco na Série D, que nos daria acesso à série C em 2014. Esses dois jogos iniciais da Série D (o próximo é contra o Plácido de Castro (AC), em Manaus) são fundamentais para iniciarmos bem a competição”, afirmou o jogador.

 A equipe do Leão da Vila Municipal treinará hoje à tarde no estádio Ribeirão (reconhecimento), quando Lana deverá definir os 11 que começam o jogo. Dinamite é nome certo e prevê dificuldade na estreia. “Está chovendo bastante em Boa Vista. Isso atrapalha um time com as nossas características, forte no contra-ataque e que tem qualidade no toque de bola. Além disso tem a questão do estádio ser pequeno, menor que o Sesi (Roberto Simonsen, Clube do Trabalhador, São José).

Dinamite diz não conhecer a forma de jogar do Náutico, mas revela que, se o Nacional tiver maior posse de bola, pode fazer o adversário jogar mais aberto em campo, dando chance para trabalhar sua tática de ataque. Outra possibilidade de vitória nacionalina seria investir em contra-ataques velozes, uma vez que a tendência é que o Náutico tente pressionar o representante amazonense desde o início. “São duas armas que temos a nosso favor”, revela.       

Nível Copa do Brasil

A tendência é que Lana coloque em campo na estreia da Série D uma equipe com o mesmo espírito da que despachou o Coritiba na Copa do Brasil. Ontem o treinador comandou um treino de posicionamento, aperfeiçoou bolas paradas e fez 30 minutos de coletivo. À tarde o treinador liberou os relacionados a se organizarem para viagem a RR. 

Publicidade
Publicidade