Publicidade
Esportes
NO GILBERTÃO

Derrotado pelo Galvez, Nacional é eliminado na pré-Copa Verde

Em jogo quente, dentro e fora do campo, o Nacional foi eliminado da pré-Copa Verde após perder para o Galvez-AC, por 1 a 0, no estádio Gilbertão, em Manacapuru, neste sábado (18). 18/02/2017 às 17:45 - Atualizado em 18/02/2017 às 17:51
Valter Cardoso Manaus

Em jogo quente, dentro e fora do campo, o Nacional foi eliminado da pré-Copa Verde após perder para o Galvez-AC, por 1 a 0, no estádio Gilbertão, em Manacapuru, neste sábado (18).Em um jogo com muitas faltas, o Nacional teve um jogador expulso ainda no primeiro tempo e sofreu um gol polêmico, que definiu a partida.

Com o resultado, o Leão da Vila sequer chega a fase principal da competição e contará apenas com o Campeonato Amazonense.

O jogo
Após ter empatado a primeira partida do confronto, fora de casa, por 1 a 1 o Nacional entrou em campo com a vantagem de poder se classificar com um empate sem gols. Por conta disso, o time acreano foi muito mais ofensivo desde o início do jogo

Logo aos 4 minutos, William Kremer recebeu com liberdade na entrada da área do Nacional e exigiu boa defesa do goleiro Pablo. Em um jogo muito marcado pela forte marcação. Já com 7 minutos, Jack Chan recebeu o primeiro cartão amarelo da partida após cometer falta no campo de ataque.

Apesar de ter mais posse de bola, o Galvez permitiu algumas finalizações do Naça, de fora da área, mas não levou muito perigo. Quando o jogo parecia esfriar,  aos 37, Jack Chan foi expulso após reclamar com o árbitro da partida e receber o segundo cartão amarelo.

Com vantagem numérica, o Galvez voltou a levar perigo aos 44 minutos em finalização de fora da área. Quando jogo parecia caminhar para o intervalo com o empate, Morais recebeu lançamento em profundidade, avançou e disputou com a zaga dentro da área. A bola lentamente cruzou a linha do gol, quando Pablo afastou. O bandeira não apontou gol, mas após alguns segundos, com o jogo seguindo, o árbitro confirmou o gol do time visitante. Com o gol polêmico e muitos protestos da torcida o jogo seguiu pra o intervalo. 

No segundo tempo, o Nacional passou a se lançar mais ao ataque, porém,  sem organização o time não conseguia levar perigo a meta do goleiro Maximo.

Apenas com 30 minutos o Leão teve uma chance clara. Após rebote da zaga, Alexsandro recebeu livre dentro da área e bateu no canto. Com o goleiro vencido, o lateral Layo tirou em cima da linha.Aos 35, Renato, do Galvez, foi expulso e voltou a deixar o confronto equilibrado.

O Galvez só voltou a aparecer no campo de ataque aos 40, em jogada de contra ataque, mas acabou finalizando para fora. Nos minutos finais o Nacional passou a investir na bola aérea, mas não conseguiu converter as chances em gol e amargou a eliminação.

Publicidade
Publicidade