Publicidade
Esportes
Craque

Nacional enfrenta o Holanda, em jogo treino, neste sábado, em Rio Preto da Eva

O Nacional vai poder mostrar o time ao torcedor, depois da pré-temporada. Time deve anunciar a contratação de dois volantes, antes do jogo treino 07/02/2013 às 15:43
Show 1
Villson Tadei, técnico do Nacional
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Neste sábado (09), a equipe do Nacional fará um jogo-treino contra o Holanda no estádio Francisco Garcia, às 15h30 no Estádio Francisco Garcia, em Rio Preto da Eva (76 quilômetros de Manaus).  A entrada será um quilo de alimento não perecível. O donativo arrecadado será repassado a uma casa filantrópica de Rio Preto da Eva.

O técnico da equipe, Vilson Tadei, admitiu que espera conseguir aproveitar a oportunidade para observar bem o grupo nacionalino e também o adversário.

“O jogo treino de sábado vai servir também para observar bem o nosso grupo. Temos um plantel bem homogêneo e todos tem condições de serem titulares. Mas isso vai ser bom, até para que nós possamos começar a conhecer os adversários estaduais”, disse Tadei.

Com pouco mais de dois meses em Manaus, o treinador admitiu que não tem tido problemas de adaptação com o clima da capital amazonense. Segundo ele, a experiência lhe ajuda nestas situações.

“Minha adaptação a Manaus está sendo excelente e eu não tenho tido problemas com isso, até porque sou um cara muito viajado. Gostei muito da cidade e pra mim está tudo muito tranqüilo”, afirmou.

Clima entre os jogadores.

Com quatro semanas de treino e com o plantel quase fechado, é normal que o clima de companheirismo e de amizade fosse criado entre os jogadores e a comissão técnica, e tem sido assim. Para Vilson Tadei, o bom clima é um retrato positivo do trabalho que está sendo feito.

Jogadores tem demonstrado união e companheirismo durante a pré-temporada nacionalilna Jogadores tem demonstrado união e companheirismo durante a pré-temporada nacionalina

“O trabalho tem que ser desenvolvido com responsabilidade, foco e alegria. Com o foco e objetivo traçados, o ambiente de camaradagem é criado normalmente. Sem falar no respeito e carinho que existe entre os companheiros. Apesar de todo o clima saudável que envolve a equipe, dentro de campo cada um tem que fazer o seu da melhor forma possível. E é isso que está acontecendo aqui no Nacional”, comentou o técnico.

O Nacional estréia dia 16 de fevereiro contra o Rio Negro, no Estádio Roberto Simonsen, o SESI. Na Copa do Brasil o Leão da capital estréia dia 03 de abril contra o Águia de Marabá (PA), em Manaus.

Publicidade
Publicidade