Publicidade
Esportes
Craque

Nacional não consegue fazer três gols, empata com Paysandu e está fora da Copa Verde

Leão da Vila marcou com Leonardo no primeiro tempo, mas deixou o Paysandu empatar na Colina. Com a eliminação, Nacional foca os trabalhos no Campeonato Amazonense e na estreia da Copa do Brasil 22/03/2015 às 21:57
Show 1
Leão, mais uma vez, não conseguiu passar pelo Papão
Acritica.com Manaus (AM)

A reza e a luta foram grandes, mas o milagre não veio. O Nacional ficou no empate em 1 a 1 com o Paysandu, na noite deste domingo (22) no estádio da Colina, na Zona Oeste de Manaus, e acabou eliminado da Copa Verde pelo Papão da Curuzu.

A equipe do Leão da Vila Municipal entrou em campo sob os gritos de ‘Eu acredito” vindo das arquibancadas da Colina, o que ninguém quis acreditar foi na entrada do volante Bruno Potiguar na vaga que seria do artilheiro Wanderley. O atacante estava com uma forte febre e não foi escalado entre os titulares justamente na partida em que o Naça mais precisava de gols. Com a goleada de 4 a 1 sofrida no jogo de ida, em Belém, o Nacional necessitava desesperadamente fazer três gols e não tomar nenhum para conquistar a vaga na fase seguinte do torneio.

Com isso, o treinador Aderbal Lana teve de mostrar mais uma vez que é muito bom em estratégia e montou sua equipe com quatro volantes no meio de campo ao lado de Fininho para tentar surpreender o Paysandu. Na frente como único atacante estava o Índio Negro, Leonardo. 

Mesmo assim o Naça não teve medo do bicho Papão e foi pra cima do time paraense. Com Lídio usando a camisa 10 e mostrando um futebol de muita categoria, e o lateral-esquerdo João Rodrigo em noite inspirada o Leão encurralou o Paysandu em seu próprio campo. A  pressão foi tanta que aos 9 minutos, após falta sofrida pelo camisa 4 do Naça, Fininho colocou a bola na área e achou Leonardo livre para abrir o placar. Com o 1 a 0 para o Leão a torcida foi junto e os gritos de “Eu acredito” ecoaram na arquibancada oposta, onde estava a imensa torcida do bicolor paraense, que calou.

O gol deixou a equipe do treinador Dado Cavalcanti irritada e a distribuição de cartões amarelos foi grande para os jogadores do Papão - ao todo foram quatro só na etapa inicial.

Cansaço e eliminação

O Leão voltou para o segundo tempo e pareceu ter deixado o bom futebol no vestiário. Faltou gás para o time do Naça continuar a pressão sobre o Paysandu. Correndo contra o tempo, Lana começou a mexer no time para buscar o resultado. Wanderley foi pro sacrifício no lugar de Leonardo. Mas foi a entrada de Weverton no lugar do lateral Peter, que definiu o placar contra o Nacional.

Aos 37 minutos do segundo tempo, numa bobeira, o veloz atacante perdeu bola na intermediária e cedeu contra-ataque para o Papão. Aylan carregou a bola , invadiu a área e tocou para Jhonnatan dominar empatar o jogo, deixando incrédula a massa nacionalina. Final de jogo: 1 a 1 e mais uma vez o Amazonas é eliminado pelo futebol do Pará na Copa Verde. 


Publicidade
Publicidade