Sábado, 05 de Dezembro de 2020
Longe de casa

Nacional perde para o Avaí-SC e é eliminado da Copa do Brasil Sub-20

Com gols de Felipe Diogo no primeiro tempo e Diordi no segundo, o Avaí garantiu a classificação e enfrentará a equipe do Sport-PE na segunda fase



121081970_10224222598337176_3300104738489705077_n_C217CE82-1A29-47A6-B384-694CD0938231.jpg Foto: Leandro Boeira/Avaí
07/10/2020 às 17:16

Com jogo único e tomando um gol em cada tempo da partida, o Nacional acabou sendo derrotado para o Avaí-SC, pelo placar de 2 a 0, na tarde desta quarta-feira (7), no estádio da Ressacada, válido pela primeira fase da Copa do Brasil Sub-20. Os gols do jogo foram marcados por Felipe Diogo, ainda no primeiro tempo e Diordi definiu no finalzinho etapa complementar. Com a classificação, o Avaí-SC irá enfrentar o Sport-PE, que passou nos pênaltis pela equipe da Desportiva Perilima-PB.

Primeiro tempo



Jogando fora de casa, o técnico José Ribamar do Nacional adotou uma estratégia defensiva para tentar explorar os contra-golpes, usando duas linhas de quatro e os atacantes Rafael Higor mais à frente. O grande problema é que o Leão da Vila não conseguia explorar nenhuma descida, e apresentava erros na saída de bola, que facilitava a vida do Avaí.

Com o camisa 10 Thiaguinho sendo protagonista da maioria das jogadas no setor de criação da equipe da casa, o Avaí teve vários lances de perigo. Após um lançamento do meia para o atacante Jefinho, o camisa 11 finalizou com perigo e a bola bateu na rede pelo canto direito de Victor, assustando a defesa da zaga amazonense.

Thiaguinho apareceu outra vez em cobrança de falta, mas Victor espalmou para escanteio. Mas de tanto insistir, o Avaí abriu o placar aos 40 minutos. Thiaguinho cobra escanteio na pequena área, o ataque do Avaí desvia, e no meio de dois defensores do Nacional, o atacante Felipe Diogo acerta linda bicicleta, que conta com contribuição do goleiro Victor.

Segundo tempo

Precisando do empate para ao menos levar a partida para o pênaltis, o Nacional volta mais organizado na segunda etapa. Em uma das primeiras oportunidades do Leão da Vila Municipal na partida, Alan Patrick rouba na entrada da área, chuta colocado e a bola passa com perigo no ângulo esquerdo do goleiro João. Mais recuado e saindo nos contra-ataques, na jogada seguinte, o atacante Felipe Diogo recebe de frente com o goleiro do Naça, que faz uma corte providencial para evitar o segundo gol da equipe da casa.

Tendo mais posse de bola e errando menos, o Nacional perdeu sua melhor oportunidade na partida após Rafael fazer boa jogada pelo lado direito, cruzar rasteiro e achar Heytor livre no canto esquerdo do ataque, mas o desvio o garoto foi parado por uma defesa milagrosa de João.

Após os 30 minutos do segundo tempo, se percebeu que o melhor momento da equipe amazonense dentro da partida havia passado e que o desgaste físico cobrava seus custos. O que sacramentou a derrota do Nacional foi quando o atacante Higor se descontrola e acerta uma cotovelada no jogador do Avaí, sendo bem expulso pelo árbitro Richard Werner. Com mais espaço, o Avaí chegou ao segundo com através de jogada pelo lado direito, o atacante Diordi recebe rasteiro dentro da área, conta com uma falha do goleiro do Naça e dar números finais à partida.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.