Nacional x JC

Nacional recebe 'misterioso' JC na Colina

Equipes completam a 1ª rodada do Barezão nesta quinta-feira, às 15h30

João Felipe
27/01/2022 às 13:22.
Atualizado em 08/03/2022 às 15:58

(Foto: João Normando / FAF)

Maior campeão amazonense, o Nacional inicia a campanha no Barezão 2022 recebendo o JC, nesta quinta-feira, às 15h30, no estádio Ismael Benigno, a Colina. O jogo que acontecerá simultaneamente ao de Clipper e Penarol e complementam a  1ª rodada do campeonato amazonense. 

Os dois times vivem momentos distintos. O Nacional iniciou um processo de reformulação que passou por toda a estrutura do clube. O 2022 do Leão da Vila tem nova gestão executiva, um elenco que aposta na base, mas com ‘tons’ de experiência e no comando técnico, Gilmar Popoca, jogador que é filho da terra baré e que fez carreira expressiva no futebol nacional, sendo inclusive medalhista olímpico. 

Embora o currículo como jogador fale por si, Popoca chega para o seu primeiro trabalho em um elenco profissional -nteriormente ele só havia treinado categorias de base do Flamengo- e com a missão de tirar o clube da Estrela Azul de uma fila que já dura seis anos. 

Objetivo é permanecer na elite 

Se o Nacional reformulou o clube inteiramente, o JC mantém-se com os ‘pés no chão’. A equipe tem objetivos claros na temporada e aposta todas as suas fichas no elenco feminino do clube, que em breve disputará o Brasileirão Série A2. 

Embora as metas passem longe do elenco masculino, o aurinegro de Itacoatiara montou um elenco que até o momento segue 'desconhecido' para a disputa do estadual, já que oficialmente nenhum jogador foi apresentado. 

Com planejamento sigiloso, a única cara conhecida até o momento, é a da do treinador Fernando Lage, que um dia após o assumir a equipe, disse em conversa com o A Crítica, que o primeiro objetivo do time masculino neste Barezão, seria o de tentar manter-se na elite. Confirmando que as expetativas para esta edição do campeonato são modestas. 

Com pouco tempo de preparação, a equipe do ‘mister’ Fernando Lage, terá que superar, além do natural desentrosamento de um plantel formado às portas da competição, o desgaste que uma viagem de Itacoatiara a Manaus.  Vulnerabilidades, que o Nacional de Gilmar Popoca e companhia poderão explorar no jogo.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por