Publicidade
Esportes
Craque

Nacional segura empate e decide se vai para próxima do brasileirão em Manaus

Time dominou Salgueiro e teve chances para vencer; vitória simples vai classificar o time 03/09/2013 às 08:31
Show 1
Dominou Naça de Morisco (à esq.) e Evandro foi melhor e poderia ter vencido
AUGUSTO COSTA ---

O Nacional suportou a pressão do Salgueiro e conseguiu um bom resultado, nessa segunda-feira (02), ao empatar em 0 a 0, no estádio Cornélio Barros, em Salgueiro (PE), pelo primeiro jogo de ida das quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. O Leão da Vila Municipal jogou bem e chegou a ser superior ao adversário na partida, mas a falta de ousadia ofensiva do técnico Léo Goiano impediu que o representante amazonense voltasse com uma vitória em cima do Carcará. Agora o Naça recebe o time pernambucano no domingo, no jogo de volta no estádio Roberto Simonsen (Sesi), onde uma vitória simples garante o time nacionalino na próxima fase da competição - mas um empate com gols dá a vaga ao Salgueiro.

No final da partida o atacante nacionalino Felipe, considerou o empate um bom resultado. “Nossa equipe conseguiu fazer o que o técnico pediu. O importante era não tomar gols. O time marcou bastante e o nosso propósito era levar esse resultado pra Manaus. Em casa vamos poder agredir um pouco mais o Salgueiro. Foi um belo resultado”, avaliou o atacante do Naça.

O Carcará começou pressionando e tentando os lançamentos para a área. O Nacional estava bem posicionado e saía em contra-ataques.. Aos cinco minutos, Elvis cruzou na área e Fabrício Ceará cabeceou para boa defesa de Gilberto. Aos 12 minutos, em contra-ataque do Naça, Evandro lançou Andrezinho que ia entrando livre e foi derrubado por Elvis. Morisco bateu mal a falta e a bola explodiu na barreira. Leandro Cearense arriscou de fora da área e a bola passou perto do travessão assustando o goleiro Mondragon.

O Leão da Vila Municipal estava melhor em campo. Bismarck viu o goleiro adiantado e bateu: Mondragon tirou no susto. Em outra boa jogada do Naça, Bismarck lançou Evandro livre: ele demorou a chutar e passou mal parã Felipe perder ótima oportunidade de gol.

O Salgueiro tentava atacar pelas laterais e nos cruzamentos na área adversária, mas a defesa nacionalina estava bem postada em campo e o placar do primeiro tempo ficou mesmo no 0 a 0.

2º tempo equilibrado

O Salgueiro voltou mais avançado. Mas o Naça respondia nos contra ataques. A pressão era toda do Carcará, que avançou a marcação no campo do Naça. O Nacional tentava sair nos contra-atraques. Aos 15 minutos, a bola foi cruzada na área por Andrezinho e Leandro Cearense bateu de primeira e Mondragon fez grande defesa evitando o primeiro gol nacionalino.

Na tentativa de fechar o meio-de-campo, Leo Goiano tirou Lídio e colocou Agenor.

Sem opções ofensivas por parte do Naça que parecia satisfeito com o empate, o Salgueiro passou a pressionar em busca do seu primeiro gol. O Leão da Vila Municipal suportava a pressão sem conseguir contra-atacar. O Carcará atacava na base do desespero, mas de forma desordenada. O Naça estava bem postado e segurou o empate até o final da partida.

No final do jogo o goleiro do Salgueiro Mondragon lamentou o resultado. “Jogamos contra uma equipe de qualidade que marca muito bem. Queríamos a vitória, mas não conseguimos. vamos ter que decidir fora de casa”, disse o goleiro do Salgueiro de Pernambuco.

Publicidade
Publicidade