Publicidade
Esportes
Enfim, a vitória!

Nacional vence a primeira na Série D do Brasilerão 2016

O Nacional venceu o Trem-AP, na Arena da Amazônia. Hércules e Jones, em jogadas de bola parada fizeram os gols da vitória 26/06/2016 às 19:52 - Atualizado em 26/06/2016 às 22:49
Show whatsapp image 20160626
Jones foi o autor do tento que garantiu a vitória nacionalina (Foto: Antônio Lima)
Camila Leonel Manaus (AM)

O Nacional conquistou a sua primeira vitória na Série D no Campeonato Brasileiro. O Leão da Vila Municipal venceu o Trem-Ap por 2 a 1 e chegou aos quatro pontos, ocupando a segunda colocação do grupo A1. Hércules e Jones marcaram os tentos que deram a vitória ao time da casa. Monga descontou para os visitantes. Na próxima rodada, é o Nacional que visita o Trem, no dia 3 de julho, às 16h, no estádio Zerão.

O Naça entrou com o plantel modificado, foram quatro mudanças:  Luis Henrique, Edson, Hercules e Leandro Chaves. E não foram só as caras que mudaram em relação ao último jogo. A postura da equipe também foi diferente. Se contra o Atlético do Acre, o Nacional entrou meio desligado, neste jogo, a equipe de Manaus entrou atacando e sem dar espaços para o adversário.

As jogadas saíam principalmente pelas laterais. Cazumba, do lado esquerdo fazia cruzamentos para a área buscando Nonato, mas o atacante, bem marcado não conseguia receber a bola. Jogadas da lateral direita, com Nego também saíam, como aos 13 minutos, quando o camisa 2 lançou para Malaquias, que pegou de primeira, mas a bola ficou nas maões do goleiro Deivisson. A primeira finalização do Trem foi aos 15 minutos, num contra-ataque, quando o camisa 2, Serafim chutou crizado na entrada da área. A bola passou na frente do gol, sem nenhuma conclusão.

O Nacional continuou tentando entrar na área do Trem e alcançar a bola para o ataque, mas os zagueiros do Trem, atentos, não deixavam a bola chegar.

Se com a bola rolando estava difícil chegar ao gol do time amapaense, a bola parada revolveu a vida do Nacional. Aos 18 minutos do segundo tempo Nego cobrou escanteio no primeiro pau e Hércules cabeceou para o gol. Nacional 1 a 0.

Aos 32 minutos, Jones, que havia entrado aos 11 minutos do segundo tempo, cobrou uma falta rasteira. A bola passou por baixo da barreira e aumentou a vantagem do Nacional. Foi a segunda vez que o jogador saiu do banco para balançar as redes. Aos 38 minutos Kariri cruzou para Monga cabecear e diminuir para o Trem e ficou nisso mesmo. Festa dos 788 torcedores que compareceram ao estádio

Nacional conquistou a primeira vitória e agora terá uma sequência de dois jogos fora de casa: dia 3 de julho, contra o Trem, e dia 10 contra o Atlético do Acre, em Rio Branco, capital do Acre.

Ficha Técnica

Nacional Tom, Nego, Luís Henrique, Edson Rocha, Hércules Cazumba, Tiago Ulisses, Leandro Chaves (Osmar), Nonato (Jones), Esquerdinha (Álvaro) e Malaquias. Técnico: Vagner Benazzi

Trem Deivisson, Serafim, Thiago Costa, Zé Adriano, Diogo Piraca, Almir, Balão, Frank (Rodrigo), Branco (Monga), Kariri e Adriano Miranda (Rafael Baiano. Técnico Sandro Frazão

Publicidade
Publicidade