Publicidade
Esportes
CAMPEONATO AMAZONENSE

Nacional vence o Fast de virada no clássico do Barezão

Na próxima rodada, o Nacional faz o duelo de Leões contra o Penarol quarta (29), às 20h no Carlos Zamith. Já o Fast joga contra o  São Raimundo no dia 11 de abril no estádio da Colina. 25/03/2017 às 17:41 - Atualizado em 25/03/2017 às 17:44
Camila Leonel Manaus (AM)

Deu o pai, Nacional, no clássico Pai e Filho. Com o placar de 2 a 1, o Naça venceu de virada com gols de Alexsandro e Victor. Thiago Brandão fez o gol fastiano.                               Na próxima rodada, o Nacional faz o duelo de Leões contra o Penarol quarta (29), às 20h no Carlos Zamith. Já o Fast joga contra o  São Raimundo no dia 11 de abril no estádio da Colina.

Como é característica de clássicos, a partida começou com os dois times disputando a posse de bola. A primeira chance foi do Fast aos dois minutos quando Railson cruzou para Leo Guerreiro cabecear, mas o goleiro Erick Rocha defendeu. O Fast tinha mais posse de bola, trocando passes principalmente no meio campo. Foi aí que o Naça apertou a marcação na saída de bola forçando o Fast ao erro.  

Marcando forte, o Nacional melhorou no jogo, mas sem levar grandes ameaças ao gol fastiano.

Mas o Fast não desistia, tentava chegar e se com bola rolando estava difícil, o gol veio na bola parada. Aos 32 minutos, Railson, em cobrança de falta, levantou a bola para a área, Thiago Brandão, no segundo pau testou para fazer Fast 1 a 0.Mas a mesma bola levantada na área que ajudou o Fast, ajudou também o Nacional. Com 37 minutos de jogo, Peter mandou um lançamento açucarado que acabou na cabeça de Alexsandro, sem chances para Naylson.

O Nacional voltou melhor no segundo tempo. Além de ter mais posse de bola, chutava mais ao gol. Primeiro foi Jack Chan que deu de casquinha na bola que passou perto do gol. Depois foi Jefferson Araújo que chutou no meio da área para a defesa de Naylson em dois tempos. A primeira finalização do Fast aconteceu apenas com 10 minutos do segundo tempo numa cabeçada de Bianor que passou no lado esquerdo do gol.

A partir daí o jogo ficou morno. Nacional com o time recuado em seu campo de defesa saindo no contra-ataque. E quando parecia que tudo ia acabar igual,  Jefferson Araújo sofreu falta pela direita. Romário cobrou a falta e Vitor cabeceou para virar o jogo para o Nacional aos 34 minutos. Foi aí que o Nacional fechou a casinha de vez. O Fast foi pra cima tentando garantir ao menos o empate, mas a partida terminou com placar favorável ao Nacional.  No último minuto, Jack Chan perto da área tentou ampliar, chutou sozinho, sem goleiro, mas errou a finalização.

Publicidade
Publicidade