Publicidade
Esportes
Futebol

Nacional vence o Rio Negro em jogo equilibrado neste sábado

Na próxima rodada, o Nacional enfrenta o Nacional Borbense, na quarta feira (28), no estádio da Colina. O Rio Negro estará de folga 24/09/2016 às 19:30
Show  tsl7907
Mesmo em um jogo equilibrado, o Nacional venceu o Rio Negro por 1 a 0 (Foto: Evandro Seixas)
Camila Leonel Manaus (AM)

A freguesia continua no clássico Rio Nal. Na tarde de sábado (24), no estádio Roberto Simonsen, Zona leste, o que se viu foi um jogo equilibrado com uma equipe mandando em uma parte do jogo, mas o N acional aproveitou melhor as chances que teve e venceu o Rio Negro por 1 a 0, gol de Charles. Coincidentemente, o gol saiu dos pés do jogador mais cobrado pela torcida. Com a vitória, o Naça iguala o Fast, com 16 pontos, mas assume a liderança graças ao critério de desempate.

A torcida nacionalina fazia muito barulho no estádio, mas o time que começou empolgado foi o do Rio Negro.  Os barrigas pretas trocavam passes, tinham maior posse de bola tentando chegar perto do gol. A primeira bola a passar perto da meta, porém foi do Nacional. Aos três minutos, após jogada de Eduardo, Weverton recebeu, mas chutou fraco mesmo assim, o chute foi o suficiente para o goleiro Pablo realizar a sua primeira defesa. O Rio Negro respondeu com Alan Bahia chutando perto do meio campo. O goleiro do Nacional defendeu.

O Rio Negro tentava avançar principalmente com Rodrigo Ítalo. Em uma das jogadas do camisa 10, Kito recebeu, matou no peito, dentro da área, mas a zaga do Nacional afastou o perigo. Foi do camisa 10 também a cobrança de falta aos 36 que passou perto do gol. Mas a melhor chance do Rio Negro no primeiro tempo saiu dos pés de Branco aos 39. Ele chapelou o zagueiro e chutou para a defesa de Raphael.

O Nacional sofreu uma baixa. Aos 23 minutos, Careca sentiu e foi substituído por Charles. Charles arriscava chutes de longa distância, que passavam por cima do gol. O Nacional ensaiava uma pressão, mas o goleiro do Rio Negro pouco trabalhou, a não ser no fim do primeiro tempo. Aos 41 minutos, Rafael recebeu, limpou a jogada e chutou forte para a defesa de Pablo. Aos 46 Joel lançou pra Vercosa, que chutou cruzado, mas a bola ficou na trave. Aos 47 após cobrança de escanteio, Elivelton perdeu a chance de empatar e quebrar um tabu do Rio Negro de oito anos sem marcar gols do rival.

Na segunda etapa, foi a vez do Nacional crescer em campo. Cansada, a equipe do Rio Negro apenas cercava. Aos oito minutos Charles passou par Eduardo chutar perto do gol. O Leão sofreu mais duas baixas, Careca e Weverton saíram machucados para a entrada de Tiago Vercosa e Railson.

O jogo ainda teve dois expulsos: Márcio, do Rio Negro, e Eduardo, do Nacional. A torcida cobrava muito Charles até que o jogador chamou a responsabilidade e aos 32 minutos abriu o placar. Cazumba recebeu a bola e lançou para Charles limpar o zagueiro e chutar forte.O gol empolgou o Naça, três minutos depois, Tragodara quase aumentou três minutos depois. No último lance da partida, Elivelton teve a chande de empatar o jogo, mas a bola não entrou.

Na próxima rodada, o Nacional enfrenta o Nacional Borbense, na quarta feira (28), no estádio da Colina. O Rio Negro estará de folga

Publicidade
Publicidade