Publicidade
Esportes
Na ponta

Nacional vence Real Ariquemes-RO por 2 a 0 e dorme na liderança da Série D

Leão da Vila Municipal mostrou superioridade durante toda a partida e assume a liderança do Grupo A3 da competição. O resultado deixa o Naça a um empate de avançar a fase de mata-mata do Brasileirão 19/05/2018 às 18:56 - Atualizado em 19/05/2018 às 19:04
Show oko
Sousa marcou um dos gols do Naça contra o Real (Foto: Euzivaldo Queiroz)
Denir Simplício Manaus (AM)

Em dia de casamento real, o Nacional entrou em "lua de mel" com sua torcida ao vencer o Real Ariquemes por 2 a 0, na tarde deste sábado (19), na Arena da Amazônia. Com gols de Leonardo (contra) e Sousa, o Leão da Vila Municipal chegou aos 9 pontos e dorme na liderança do grupo A3 do Brasileirão da Série D. 

Na próxima e última rodada da fase de grupos da competição, o Nacional encara o São Raimundo-RR, no estádio Ribeirão, em Boa Vista, no domingo (27). O Real Ariquemes por sua vez permanece na terceira colocação da chave (5 pontos) e na próxima semana encara o São Raimundo-PA, no estádio Valerião, em Rondônia. 

Leão faminto 

A partida inicia e a dupla Jackie Chan e Anderson começam a dar trabalho a defesa do Real. Aos 2 minutos, o lateral acha Chan na grande área que cruza rasteiro, mas Danilo não chega a tempo de completar a boa jogada.

O Leão segue em busca do gol. Aos 8 minutos, Jackie Chan cobra escanteio pela esquerda do ataque e encontra a cabeça do zagueiro Bianor. O goleiro Dida salva o Real. Um minuto depois foi a vez do arqueiro do Furacão do Vale do Jamari salvar bom chute de Charles.

Aos 20 minutos, mais uma vez Charles assusta a meta dos rondoniense. O camisa 10 do Naça dribla dois, corta pra entrada da área e chuta, mas a bola passa tente ao poste direito de Dida. 
O Nacional abre o placar aos 31 minutos, mas a arbitragem anula o gol de Jackie Chan. Sousa bate cruzado pela esquerda, a bola desvia na zaga e acha o pequeno Chan que completa de cabeça, mas o atacante do Leão estava adiantado.

O Leão segue na pressão e aos 39 minutos Charles volta a experimentar a gol. Dessa vez o meia caiu pela direita e bateu cruzado, Dida desvia pra escanteio.

Aos 42 minutos, enfim, gol do Nacional. O lateral esquerdo Sousa chega na linha de fundo e cruza forte pra pequena área. O zagueiro Leonardo tenta cortar, mas acaba jogando para o próprio gol. 1 a 0 pro Nacional, que vai assumindo a liderança do Grupo A3 do Brasileirão da Série D, com 10 pontos.

No fim do primeiro tempo o Nacional voltou a marcar com Danilo Galvão, que recebe na área e toca na saída de Dida. Porém, a arbitragem volta a anular um gol do Leão alegando que o atacante dominou a bola com a mão antes de finalizar.

Segunda etapa

O segundo tempo começa e o Naça volta com a mesma vontade do primeiro. Aos 5 minutos, Sousa chega pela esquerda e rola pra Danilo Galvão tocar pro sobre o gol do Real Ariquemes. O Leão estava demais e em contra ataque rápido, aos 9 minutos, Danilo recebe no meio e rola pra Charles. O camisa 10 carrega a bola até passar para Sousa, que domina e chuta rasteiro. O goleiro Dida ainda tenta a defesa, mas a bola encobre a dupla de zagueiros do Furacão e cai mansa no ângulo. Naça 2 a 0.

Aos 19 minutos, Charles volta a infernizar a zaga do Real. O camisa 10 desce pela esquerda e bate cruzado para grande defesa do goleiro Dida. O jogo segue a feição do Nacional, que comanda todas as ações de ataque. Charles ao 35 e aos 38 minutos têm ótimas chances de ampliar o marcador, mas o camisa 10 peca no momento da finalização. 

Aos 40 minutos foi a vez de Dênis Pedra receber livre na grande. Charles, o melhor em campo, enfia bela bola para o volante que acerta a trave de Dida. A trave continuou salvando o Real de um massacre. Felipe Boca lança Lucas que chuta na saída de Dida. A bola explode na trave e caprichosamente atravessa a linha de gol até sair pelo lado oposto.

Antes do apito final, o árbitro amapaense Valdicleuson Costa expulsou o volante nacionalino Ives por reclamação. Fim de jogo e festa nacionalino nas arquibancadas da Arena. A vitoria, a segunda seguida do Naça, coloca o time amazonense a um empate da fase de mata-mata do Brasileirão da Série D.

 

Publicidade
Publicidade