Publicidade
Esportes
Craque

Nadador norte-americano Michael Phelps volta a ser preso por dirigir embriagado

O maior nadador de todos os tempos foi flagrado pela polícia norte-americana conduzindo seu veículo sob o efeito de álcool. O fato se repete 10 anos depois dele ter sido detido pelo mesmo crime 30/09/2014 às 13:01
Show 1
Michael Phelps voltou a ser preso por embriaguez ao volante após dez anos.
ACRITICA.COM ---

O nadador Michael Phelps foi preso pela polícia dos Estados Unidos na madrugada desta terça-feira (30) por dirigir embriagado. Segundo informou a imprensa norte-americana, o atleta dirigia em alta velocidade e trafegava perigosamente na pista de um túnel de Maryland, no nordeste do país.

De acordo com os policiais que prenderam Phelps, o nadador conduzia sua Land Rover, de cor branca, de maneira muito rápida, o que chamou a atenção da polícia que estava de plantão na via. As autoridades acabaram seguindo o veículo antes de saberem que se tratava do nadador.

A polícia relatou que o atleta só foi reconhecido ao entregar sua carteira de motorista. "Ele não era capaz de fazer uma série de testes de sobriedade", contou um dos policiais ao canal local Wbaltv. 


Maior medalhista olímpico da história, Phelps ganhou 18 vezes a medalha de ouro, outras duas de prata e mais duas de bronze. É a segunda vez que atleta, que quebrou 37 recordes mundias de natação, é preso por ingerir bebida alcoólica e dirigir.

A primeira vez aconteceu em 2004, quando o nadador tinha 18 anos. Na ocasião, os advogados de Michael Phelps conseguiram fazer um acordo com os promotores do caso para o atleta ser liberado. Para que isso ocorresse, o nadador se declarou culpado em troca de 18 meses de liberdade condicional. Ele também já foi flagrado pela imprensa sensacionalista americana consumindo maconha.

Publicidade
Publicidade