Publicidade
Esportes
SONHO EM COMUM

Atletas amazonenses vão disputar pela primeira vez o Brasileiro de natação

Nascidos no mesmo dia, João Pedro e Rafaella viverão o sonho de disputar o Brasileiro de natação, em Santos (SP) 19/05/2018 às 06:00 - Atualizado em 21/05/2018 às 14:20
Show pedro e rafaella
Os nadadores amazonenses irão competir pela primeira vez o Brasileiro de natação, que terá a participação de 636 atletas. Fotos: Evandro Seixas
Jéssica Santos Manaus - AM

Eles nasceram no mesmo dia, mês e ano, 5 de julho de 2005, e cresceram com mais coisas em comum: dando braçadas nas piscinas e alimentando o sonho de chegar ao Campeonato Brasileiro de natação. Agora, 13 anos depois, o destino de João Pedro Afonso e Rafaella Fernandes, que foi traçado na maternidade, como na música de Cazuza, será realizado: os dois serão os únicos representantes do Amazonas no Campeonato Brasileiro Infantil Interclubes de Natação de Inverno, que vai acontecer entre os dias 23 e 26 de maio, em Santos (SP), com a participação de 636 nadadores.

“Eu brinco porque sou mais velho do que ela algumas horas (risos)”, anuncia João Pedro. Ele nasceu às sete da manhã e Rafaella nasceu às dez. E agora que se aproxima a grande hora da competição nacional, os dois nadadores procuram conter a ansiedade. “Sempre treinei para isso, coloquei isso na minha cabeça, estou menos nervoso, e o objetivo é ganhar quatro medalhas, se possível, três de ouro”, afirma Pedro, determinado.

Rafaella está com mais dificuldade de conter as emoções. “Tô sentindo nervosismo demais! A gente espera por muito tempo para ir a um Brasileiro. Até o ano passado, só competia Norte-Nordeste, por ser categoria petiz, só que não é a mesma coisa. O Brasileiro é muito mais importante”, disse ela.

Para a nadadora, é importante competir o campeonato, que é o principal da sua categoria. “Essa competição é boa para conhecer como é lá fora, conhecer o nível dos atletas, e até o final do ano ainda terei outro Brasileiro para ir, e estamos tentando chegar pertinho das meninas porque elas são muito boas”.

Objetivos

Para Pedro, não é nada difícil acreditar que, mesmo sendo uma competição muito disputada, vai sair com várias medalhas no peito. “Eu boto na minha cabeça que ninguém treinou mais do que eu, ninguém se esforçou mais do que eu e, quando eu chegar lá, ninguém vai ganhar de mim”, enfatiza ele, que vai nadar algumas das provas mais desgastantes da natação: 1.500 metros, 400 e 200 metros medley e 200 metros borboleta.

Esse será o primeiro Campeonato Brasileiro de Pedro, mas isso não o intimida. “Conheço poucos nadadores, mas já participei de campeonatos Norte-Nordeste, Jogos Escolares e até de competição internacional, a Copa Uana, então, é só aguardar e fazer o que treinei para fazer”, disse o nadador.

Rafaella já pesquisou melhores marcas do ranking brasileiro, e seu objetivo será chegar próximo às feras. “Eu quero chegar à final nos 200 metros costas, e nos 100 metros costas, quero chegar entre as quatro melhores. Pretendo baixar muito meus tempos”, ressalta ela.

O técnico de Rafaella está confiante no trabalho feito com a atleta, que visou preparar a nadadora que está processo de evolução. "O Campeonato brasileiro é uma estratégia, não é a prova-alvo do ano porque se fizermos isso, o atleta foca tanto em chegar e nadar bem lá, ganhar ou chegar à final, no caso. Mas precisamos ir com calma, ela é infantil 1 ainda. Então, falamos com ela que o importante era ela se preparar, aumentar o nível técnico, a forma física, e que chegasse lá e fizesse o melhor que ela poderia fazer agora, ainda em maio. Quando ela voltar, a gente vai focar nas outras competições, inclusive outro Brasileiro no fim do ano, para que ela não fique naquele deslumbramento pela competição em si", destaca o técnico de Rafaella, Wellington Souza.

Já o técnico de Pedro Afonso, Leandro Freire, destaca que o jovem nadador tem condições de trazer várias medalhas para o Amazonas. "Treinamos muito para essa competição e garanto que o Amazonas e o Instituto Pedro Nicolas estará bem representado. Queremos pelo menos três medalhas e o título de campeão brasileiro", ressalta ele.

Pedro agradece a Leandro e agradece também ao seu técnico anterior, André Dantas, e hoje conta com o apoio de algumas empresas da cidade: VG Ar-condicionado, Bio Exata Suplementos, Laboratório Vital Brasil, Estaleiro Bibi e Wizard. 

Temporada de provas

Os nadadores amazonenses estão com o calendário cheio de competições. Nos últimos dias 18 e 19 de maio, 20 atletas participaram do Campeonato Norte e Nordeste Mirim e Petiz de natação, em Fortaleza. Entre os dias 23 e 26 de maio, será a vez de Pedro e Rafaella competirem no Brasileiro Infantil, em Santos – SP. Nos dias 6 a 9 de junho, acontece o Brasileiro Juvenil, no Rio de janeiro, e nos dias 27 a 30 de junho, será o Brasileiro Júnior, na cidade de Colombo, no Paraná.

Publicidade
Publicidade