Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
ALFINETOU

'Não tem o que chorar, não tem o que reclamar', diz Darlan Borges

Técnico do Fast destacou o título e aproveitou para falar sobre o imbróglio que envolve o Campeonato Amazonense Sub-20.



Darlan-destacou-comprometimento-jogadores-Fast_ACRIMA20150808_0033_5.jpg Darlan Borges conquistou o bicampeonato no comando do Rolo Compressor (Foto: Evandro Seixas)
26/06/2016 às 15:56

Depois do 4 a 1 dentro de campo, o Fast conquistou o bicampeonato do Barezinho. A conquista do clube pode durar pouco tempo, uma vez que o Manaus F.C entrou com recurso no STJD para jogar a semifinal do campeonato contra o Penarol. O técnico do Tricolor de Aço, Darlan Borges, falou sobre o assunto, que para ele não pode haver reclamação.

"É inquestionável o título, o time teve o melhor ataque, melhor defesa, mais vitórias, acho que não tem o que chorar, o que reclamar, foi comprovado dentro de campo que o Fast é imbatível na base do futebol do Amazonas", declarou o treinador.



Borges exaltou a qualidade dos jogadores, que já jogaram competições profissionais "A garotada já jogou Copa Norte, Copa Verde, é uma garotada bastante experiente, é uma garotada de futuro, eles vão representar nosso futebol no amazonense de 2016", exaltou o comandante do tricolor.

Sobre a conquista do título, Darlan avalia "Eu acho que é profissionalismo, essa garota está treinando há 18 meses juntos, ganharam o infantil em 2012, juvenil em 2014, juniores 2015, juniores 2016, vem coroar essa geração, que jogará o profissional pelo Fast", finalizou o treinador. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.