Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
COM VANTAGEM

Negueba brilha e deixa São Raimundo mais próximo do título do Barezão

Atacante marcou os dois gols da vitória do Tufão sobre o Manaus. Vanilson ainda descontou para o Gavião



a00ebf5a-898a-42b4-9969-b7d24e316a0f_92222212-76A9-4A6D-B7C7-CC888A038052.jpg Foto: Junio Matos
15/05/2021 às 18:53

Pela primeira partida da grande final do Barezão 2021, o São Raimundo venceu o o Manaus por 2 a 1. Em tarde o inspirada, Negueba foi o responsável pelos gols do Tufão, enquanto Vanilson marcou pelo Gavião. O duelo decisivo acontece no próximo sábado (22), às 16h05, na Arena da Amazônia. 

"A equipe do Manaus é difícil de ganhar. Logo no começo, teve uma expulsão que ajudou muito a gente. Tô sendo muito feliz nesse momento decisivo, Deus vem me abençoando muito. Estava até 'bagunçando' com um colega meu, dizendo que ia fazer dois", contou Negueba, autor dos dois gols da vitória do Tufão, em entrevista na saída de campo à TV A Crítica. 




Foto: Junio Matos

Início quente

O jogo já começou no clima de decisão. Logo no primeiro minuto, Negueba avançou pela esquerda, ganhou da zaga, cruzou, mas Spice chegou para mandar para o escanteio. Aos 5, foi a vez do Manaus ameaçar com Philip, lançando para Vanilson carimbar o travessão. No contra-ataque, Rossini foi derrubado por Spice. O zagueiro acabou recebendo cartão vermelho direto, sendo expulso. No seguimento da jogada, Rafael cobrou bela falta no canto esquerdo de Gleibson, mas o arqueiro caiu para defesa. 

Com um a mais, o Tufão foi em busca de abrir o marcador. Aos 9, após cobrança de falta, a bola sobrou para Elivelton, que mandou um balaço de fora da área, mas acabou indo pelo lado do gol. Aos 15, Negueba foi lançado e tentou encobrir Gleibson, mas Edvan chegou cortanto. Mas três minutos depois, aos 18, Serginho Duarte lançou para Negueba mais uma vez, na esquerda, receber na frente da marcação e mandar por cima de Gleibson para balançar as redes. 

O Gavião começou a reagir aos 29, com Edvan cruzando para Diego Rosa na área, mas a zaga colinense chegou antes. E aos 33, Barba - do campo de defesa - lançou para Philip na direita, que tocou para Edvan, que entrando na área, cruzou de primeira para Vanilson deixar tudo igual. 

Vitória do Tufão

Na segunda etapa, o São Raimundo já voltou pressionando. Logo aos 2 minutos, Negueba avança na velocidade, invade a área, passa por três marcadores e anota o segundo na partida. 


Foto: Junio Matos

O Manaus tentou de falta com Assis, aos 12, mas Matheus Melo se esticou e mandou para escanteio. Já aos 18, Erivelton lançou na frente para Vanilson, mas o arqueiro do Tufão se adiantou bem, interceptando a jogada. 

O Gavião tentava ir para cima, arriscava chutes de longe, mas sem boas conclusões. Já o Tufão apostava na velocidade e principalmente nas jogadas individuais de Negueba. 

Aos 35, o atacante mais uma vez avançou, ganhou da zaga e tocou para Lucas Peteca arriscar da entrada da grande área, mas o centroavante mandou por cima do gol. 

Nos últimos minutos o esmeraldino ainda buscou o empate, mas a partida finalizou com o placar a favor do alviceleste.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.