Terça-feira, 23 de Julho de 2019
EM AMISTOSO

Neymar é cortado da seleção brasileira para Copa América por lesão

O jogador deixou o campo com dores no tornozelo direito após uma torção ainda no primeiro tempo da partida vencida pelo Brasil por 2 x 0



agora_apontar_936B089B-639C-49BC-A892-AC4195E61A88.JPG Foto: Reuters
06/06/2019 às 07:19

O atacante Neymar foi cortado da seleção brasileira para a disputa da Copa América que será realizada no Brasil entre junho e julho devido a um lesão no tornozelo direito sofrida em amistoso com o Catar na noite de quarta-feira em Brasília, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O jogador deixou o campo com dores no tornozelo direito após uma torção ainda no primeiro tempo da partida vencida pelo Brasil por 2 x 0, e exames de imagem confirmam uma ruptura ligamentar, disse a CBF em comunicado publicado no site da entidade na madrugada desta quinta-feira.

“Devido à gravidade da lesão, Neymar não terá condições físicas e tempo de recuperação suficiente para participar da Copa América Brasil 2019”, disse a CBF, acrescentando que o técnico Tite vai definir um substituto para o jogador a partir desta quinta-feira.

A partida contra o Catar foi a primeira a ser disputada por Neymar depois que o jogador foi alvo de uma acusação de estupro revelada no fim de semana, e o atacante chegou a dizer nas redes sociais antes do amistoso que seria “uma das partidas mais difíceis da minha carreira, se não for a mais (pelas circunstâncias)”.

Neymar é acusado por uma mulher brasileira de tê-la estuprado em um hotel de Paris, para onde ela foi para encontrar o jogador depois de ter as despesas com passagem e hospedagem pagas por ele, de acordo com boletim de ocorrência feito pela suposta vítima.

O jogador nega as acusações e afirma que é alvo de uma armadilha. Ele disse que a relação sexual foi consentida e divulgou troca de mensagens que teve com a suposta vítima, incluindo fotos íntimas encaminhadas por ela. A divulgação das imagens gerou uma segunda investigação contra o atleta.

Antes da partida em Brasília, Neymar recebeu o apoio público do presidente Jair Bolsonaro, que disse acreditar no jogador, e depois do jogo Bolsonaro foi até um hospital da capital federal onde Neymar estava recebendo atendimento médico devido à lesão para cumprimentá-lo.

Bolsonaro publicou nas redes sociais uma foto abraçado a Neymar, acompanhada de uma mensagem desejando uma “boa e rápida recuperação”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.