Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
NEYMAR0333.jpg
publicidade
publicidade

PUNIDO

Neymar é suspenso por aplauso sarcástico e vai desfalcar Barcelona contra Real

O jogador brasileiro foi expulso após receber dois cartões amarelos, no jogo de sábado, e foi punido por ter aplaudido sarcasticamente o quarto árbitro ao sair de campo


11/04/2017 às 17:28

O atacante Neymar vai desfalcar o Barcelona no clássico contra o Real Madrid após receber uma suspensão de três jogos em decorrência do cartão vermelho recebido contra o Málaga, aumentando os problemas dos catalães que já estão em desvantagem contra os arquirrivais na disputa pelo título espanhol.

O jogador brasileiro foi expulso após receber dois cartões amarelos contra o Málaga no sábado, o que já representava uma suspensão automática de uma partida, mas sua punição foi ampliada por Neymar ter aplaudido sarcasticamente o quarto árbitro ao sair de campo em direção ao vestiário.

O árbitro Jesus Gil Manzano citou o incidente na súmula da partida. A suspensão de três jogos deixará Neymar fora dos jogos contra Real Sociedad, em 15 de abril, Real Madrid, em 23 de abril, e Osasuna, em 26 de abril.

publicidade

Neymar recebeu o primeiro cartão amarelo ao obstruir uma cobrança de falta do Málaga amarrando o cadarço da chuteira em frente à bola. O segundo cartão foi por uma falta em Roberto Rosales.

Esse foi o primeiro cartão vermelho de Neymar no Barcelona e a primeira expulsão do time ao longo de toda a atual temporada em qualquer competição.

O Real Madrid lidera o Campeonato Espanhol com três pontos de vantagem para o Barcelona e com uma partida a menos.

 

publicidade
publicidade
Neymar viaja a Barcelona para iniciar recuperação após nova lesão no pé direito
Neymar e Mbappé desfalcam PSG no sábado mas devem enfrentar Liverpool
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.