Publicidade
Esportes
DEFINIDO

Neymar livre para PSG após pagar 222 milhões de euros ao Barcelona

A transação dá ao jogador o status de negociação mais cara da história do futebol, superando a venda de Pogba da Juventus para o Manchester United 03/08/2017 às 14:58
Show 000 r69l8
Atacante está de malas prontas para Paris (Foto: Patrick Storllaz / AFP)
acritica.com

O Barcelona recebeu, na tarde desta quinta-feira, o pagamento dos 222 milhões de euros referentes à multa rescisória do atacante brasileiro Neymar

O pagamento foi feito pelo Paris Saint Germain, que deve anunciar o atacante no máximo até a sexta-feira. A transação dá ao jogador da seleção brasileira o status de negociação mais cara da história do futebol, superando a venda do francês Pogba da Juventus para o Manchester United, que custou 105 milhões de Euros.

"Na tarde desta quinta-feira, representantes legais de Neymar Jr. visitaram pessoalmente os escritórios do clube e fizeram o pagamento de euros 222 milhões em nome do jogador com relação ao término do contrato que unia as duas partes", afirmou o Barcelona em comunicado oficial.

A confirmação do pagamento veio após o posicionamento da Liga de clubes da Espanha, que não aceitou a transação alegando que o PSG havia burlado as regras do fair play financeiro existente entre os clubes da Europa. 

O presidente da Liga, Javier Tebas, já havia ameaçado rejeitar o dinheiro da cláusula de rescisão. Ele acusou o clube francês, que pertence a um fundo soberano do Catar, de praticar "doping financeiro".

O Barcelona também está incomodado com os procedimentos do clube francês. Os catalães entendem que a operação quebra as regras impostas pela Uefa.

"O clube vai enviar para a Uefa os detalhes desta operação, para que investiguem as responsabilidades disciplinares que possam vir deste caso", indicou o Barça em comunicado.

A Uefa indicou, nesta quinta, que a operação não quebra as regras de fair-play automaticamente. O regulamento diz que os clubes não podem registrar prejuízo de mais de 30 milhões de euros em um período de três anos.

Publicidade
Publicidade