Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
COPA AMÉRICA

Neymar perde posto de capitão após soco em torcedor; Daniel Alves usará braçadeira

Daniel Alves, de 36 anos, será o capitão já nos amistosos que o Brasil vai disputar contra Catar e Honduras antes do torneio



NEYMAR_A3E9C240-5F03-4277-9E17-F0B58B67029E.JPG Neymar durante treino da seleção brasileira na Granja Comary (Foto: REUTERS/Pilar Olivares)
28/05/2019 às 09:47

O atacante Neymar perdeu a braçadeira de capitão da seleção brasileira, que ficará com o experiente lateral Daniel Alves na Copa América a ser disputada no Brasil a partir do próximo mês, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na noite de segunda-feira.

O camisa 10 foi substituído do posto de capitão por seu companheiro de equipe no Paris Saint-Germain após ter agredido um torcedor adversário com um soco depois de derrota do PSG para o Rennes na final da Copa da França, em abril.



Segundo a CBF, Neymar foi informado da decisão da comissão técnica de retirá-lo da posição de capitão no dia de sua apresentação na Granja Comary para os treinos visando a Copa América, no sábado.

Daniel Alves, de 36 anos, será o capitão já nos amistosos que o Brasil vai disputar contra Catar e Honduras antes do torneio.

O lateral é um um dos jogadores que mais atuaram com a camisa da seleção brasileira, tendo disputado as Copas de 2010 e 2014. Ele só ficou de fora do Mundial de 2018 na Rússia devido a uma lesão às vésperas da competição.

Daniel Alves foi campeão da Copa América de 2007 e da Copa das Confederações em 2009 e 2013. O jogador tem 138 jogos pela seleção e do atual grupo é o que mais vezes vestiu a camisa da seleção brasileira.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.