Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Craque

Neymar tentou, mas Real de CR7 vence Barcelona de virada

A invencibilidade do goleiro Bravo demorou 754 minutos até encontrar o português melhor do mundo pela frente. Pepe e Benzema completaram o placar e decretaram a primeira derrota do Barça na liga



1.jpg Cristiano Ronaldo marcou de pênalti e ajudou o Real a vencer o Barça no Santiago Bernabeu.
25/10/2014 às 14:54

O Superclássico espanhol entre Real Madri e Barcelona disputado na tarde deste sábado (25) no estádio Santiago Bernabeu fez jus ao nome. Com gol relâmpago e virada incontestável, os torcedores que acompanharam a partida se deliciaram com o futebol apresentado por duas das melhores equipes do mundo. O trio Suárez, Messi e Neymar sucumbiu a mais um show de Cristiano Ronaldo e Cia.

O Barcelona não tomava um gol no Campeonato Espanhol a oito jogos e seu goleiro, o chileno Claudio Bravo ostentava o recorde de 754 minutos sem ser vazado. A marca durou até os 34 minutos da primeira etapa, quando árbitro da partida assinalou um pênalti para os merengues e CR7 não perdoou e balançou as redes do arqueiro.


 Antes disso porém, o Barcelona já havia aberto o placar se aproveitando do seu trio de ataque composto pelo uruguaio Luis Suárez, o argentino Messi e o brasileiro Neymar. E foi o ex-santista que marcou o único gol dos baugranas, que tiveram mais duas chances de marcar ainda no primeiro tempo.

Segunda etapa

Na volta do intervalo o Real Madri parece ter voltado mais ligado no jogo e o zagueiro luso-brasileiro Pepe aproveitou uma cobrança de escanteio para fazer a virada. Com o 2 a 1 no placar e sentindo a superioridade do time da casa, os catalãs não conseguiram impor o seu estilo de jogo baseado na posse de bola.

Na tentativa de empatar a partida, o time do Barcelona deixava espaços para os contra-ataques mortais do Real Madrid. E aos 15 minutos do segundo tempo veio o golpe de misericórdia no time de Messi e Cia. Após falha na proteção de bola na lateral, Cristiano Ronaldo roubou a bola e achou Benzema que só teve o trabalho de colocar no fundo das redes e decretar o terceiro tento sofrido por Bravo no campeonato.

Perto do fim do duelo, os merengues ainda poderiam ter marcado uma ou duas vezes, mas Mascherano evitou uma goleada por parte do Real. Com o resultado, os merengues encostaram no líder Barcelona, que possui 22 pontos,  e estão a apenas um ponto dos catalãs, com 21. 


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.