Segunda-feira, 06 de Abril de 2020
‘Duelo de Leões’

Nacional empata com Penarol e fica com última vaga nas semifinais do Barezão

O Naça se classificou na quarta posição e vai encarar o líder Amazonas FC por vaga na decisão do 1º turno do Campeonato Amazonense



WhatsApp_Image_2020-02-23_at_17.45.31_AE8C3501-65B0-440F-A4DD-0BF805503445.jpeg Foto: João Normando
23/02/2020 às 17:56

Na ‘briga’ dos Leões, deu melhor pro da Vila Municipal, que segurou o empate em 0 a 0 com o da Velha Serpa e ‘cravou’ as garras nas semis do Barezão 2020. Disputada neste domingo (23), no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, a partida entre Penarol e Nacional foi marcada pela busca das duas equipes pelo gol, mas o placar não saiu do zero. 

Com o empate, o Naça somou o décimo pontos, se garantiu na quarta colocação da fase de classificação do Estadual e ficou com a última vaga nas semis do turno. Na próxima quinta-feira (27), o Leão tem pela frente a Onça Pintada da Zona Leste na luta por um lugar na decisão do primeiro turno do Barezão.    



O jogo

O ‘duelo dos Leões’ em Itacoatiara marcava o reencontro do técnico Aderbal Lana, hoje do Penarol,  com o Nacional. Após desavenças com parte da torcida do Naça, Lana ‘pediu o boné’ e mudou de Leão. Já sem chances de classificação às semifinais do Barezão, o time penarolense contou com a volta de Edinho Canutama. 

Pelo lado nacionalino, o goleiro Bernardo era a grande novidade. O novo camisa 1 do Naça chegou e já assumiu a meta nacionalida colocando o contestado André Regly no banco. E o novato teve trabalho logo aos 3 minutos de jogo. Canutama cruza na área, Nena, no terceiro andar, escora pra Railson, que chega batendo para grande defesa de Bernardo.

Precisando de suas próprias forças para abocanhar a última vaga nas semis, o Nacional teve boa oportunidade aos 12 minutos, com Charles. O camisa 10 do Naça recebe livre e faz o arremate, mas longe da meta de Rascifran.

Aos 14 minutos, foi a vez do ‘Leão de Ita’ assustar o Leão da Vila. Após tabela rápide de Matheus e Gleison, a bola vai parar nos pés de Nena, que finaliza na pequena área para mais um boa intervenção de Bernardo.

O duelo era bem disputado e, aos 24 minutos, foi a vez de Rascifran ter trabalho. Guilherme bate falta com violência na entrada da área e o arqueiro do Penarol espalma pra lateral. Aos 38 minutos, pressão do Leão da Velha Serpa. Bola alçada na área nacionalina e, no bate rebate, a bola sobra pra definição de Mateus, que isola o lance.

Antes do final do primeiro tempo, o Naça teve duas outras oportunidades de gols, mas sempre nas bolas paradas. Já o Penarol explorava a velocidade de Canutama e Railson, mas parava na boa marcação do Leão da Vila.

Volta do intervalo

A partida reinicia com o Penarol em cima do Nacional. Após encurralar o Naça em seu próprio campo, Nena, aos 12 minutos, quase marca. Railson cruzou da linha de fundo para o desvio do camisa 9 do Leão de Ita, que acertou a trave de Bernardo. 

Aos 21 minutos, foi a vez do Naça aterrorizar a zaga do Penarol. Cruzamento pela esquerda e bola passa na cara do gol de Rascifran, que saiu mal do gol. No rebote, Manteiga teve a chance de marcar, mas isolou.

O jogo chega na marca dos 30 minutos e virou um lá e cá, onde o gol poderia sair para qualquer lado. Após parada técnica, o Naça perdeu boa chance. Aos 32 minutos, Fidélis recebe pela esquerda, ajeita e fuzila, mas a bola passa por sobre o gol de Rascifran.

Aos 36minutos, Railson cobra falta quase na marca de escanteio, mas a bola passa rente ao poste superior de Bernardo.  Aos 40 minutos, quase o Leão da Vila marca. Paulinho carrega pelo meio e rola na entrada da grande área para Klécio colocar no ângulo de Rascifran, mas o camisa do Penarol ‘voa’ para evitar o gol do Naça.

O árbitro dá cinco minutos de acréscimos e, aos 47, o Naça volta a perder grande chance de marcar. Romarinho faz um verdadeiro estrago pela direita do ataque nacionalino, mas na hora de finalizar, erra feio e joga a bola pra fora, no que foi o último lance de perigo do jogo.

Empate em 0 a 0 e o Nacional sai do estádio Floro de Mendonça com a vaga nas semifinais do Estadual garantida. Com o resultado, o Naça chegou aos 10 pontos ganhos e estacionou na quarta colocação. Na semi, o Leão da Vila encara o Amazonas FC, na próxima quinta-feira (27), às 20h30, na Arena da Amazônia. 

Vale lembrar que o Leão da Vila Municipal disputava a vaga com  São Raimundo, que acabou perdendo para o Princesa do Solimões, em Manacapuru, por 2 a 0, ficando fora do G4 e, consequentemente, fora da próxima fase do Barezão 2020.

Ficha Técnica:

Nacional: Bernardo; Paulinho, Jordan, Bandeira e Fidelis; Felipe Tiririca, Klecio, Guilherme e Charles (Marcelinho Araxá); Randerson (Romarinho) e Netinho (Manteiga). Técnico: Gilberto Pereira
Penarol: Rascifran; Gleison, Ferreira, Natan e Digão; Tubarão, Juninho (Bruno), Mateus (Eltinho) e Railson; Canutama (Silas) e Nena. Técnico: Aderbal Lana
Árbitro: Weden Cardoso Gomes (AM)
Público e renda: Não divulgado

News denir 5aee6cdd 1d6a 4786 8dc7 d70985711b16
Editor de Esportes
Jornalista formado na Uninorte em 2010. Entrou para a equipe de A Crítica em 2014, como repórter para a Copa do Mundo no Brasil. Atualmente é editor do caderno de esportes, o Craque, onde segue na luta pela divulgação do esporte baré.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.