Quarta-feira, 03 de Março de 2021
FUTEBOL

No Floro de Mendonça, Penarol e Nacional ficam no empate

Em dia com defesas bem postadas e atacantes pouco inspirados, os dois times ficaram no 0 a 0. Penarol tem mais dois jogos, enquanto o Nacional fará o último jogo da primeira fase na terça-feira



152659204_10225374129124726_1970441999514547398_o_E8277C15-B95B-4674-B1D6-7AC5D611CF50.jpg Foto: Milly Barreto/ Nacional FC
19/02/2021 às 17:13

Na estreia da Seletiva de 2020, o Penarol ficou no empate em 0 a 0 com o Nacional no estádio Floro de Mendonça. O jogo desta sexta-feira (19) foi marcado pelo calor e por um bom trabalho das defesas. Por outro lado, os ataques não estavam tão inspirados assim, o que resultou na partida com o placar em branco.

Com o empate, o Penarol e Nacional somam o primeiro ponto, o Leão de Itacoatiara, porém, tem um jogo a menos já que o jogo da primeira rodada contra o Manaus foi adiado.



As duas equipes voltarão a jogar na terça-feira (23) às 15h30. O Penarol recebe o Amazonas, no Floro de Mendonça, e o Nacional pega o Manaus, na Arena da Amazônia.

O jogo

O jogo começou com marcações bem ajustadas pelas duas equipes, isso fez com que as primeiras ações ficassem no meio campo, principalmente do time da casa, que começou com mais posse de bola. O Penarol tocava calmamente a bola procurando espaços para se aproximar da área, mas sem criar chances efetivas de gol.

A primeira investida aconteceu aos seis minutos, quando Alberto lançou a bola para a área buscando Espiga, mas o goleiro do Nacional acabou levando a melhor. Aos nove, Espiga recebeu outro cruzamento, mas o chute saiu fraco e Adrian fez uma defesa tranquila.

A partir dos 13 minutos, o Leão da Vila Municipal começou a colocar a 'garras para fora'. O chute de longe de Marcelo foi só o primeiro teste para o que estava por vir. O Nacional começou a se aproximar principalmente em jogadas de Bilau e foi em uma dessas jogadas que saiu uma das melhores chances do jogo. Aos 25, Bilau fez cruzamento pela esquerda e Leozinho, na entrada da pequena área recebeu, mas chutou para fora. Dois minutos depois, Bilau cruzou novamente, desta vez a bola atravessou a área e foi para a linha de fundo.

Aos 39, o Nacional teve outra chance de abrir o placar após bola levantada na área por Flamel. Leozinho, mais uma vez estava dentro da área para receber, mas chutou fraco e a bola saiu pela linha de fundo. No fim do primeiro tempo, Bilau cruzou da direita e Jones completou de cabeça, mas a bola foi por cima do gol.

Na volta do intervalo, o Penarol retomou o ímpeto e ameaçou no início da segunda etapa. A primeira chance foi com Alberto chutando de longe aos dois minutos. O Nacional respondeu em seguida com Marcelo cruzando para a área pela direita, mas a bola ficou com o goleiro Pedro.

O Penarol tentou chegar em jogada pelo meio de Espiga, que rolou para Jairo. João Lucas recebeu na intermediária e cruzou, mas Baé afastou o perigo. Aos 16, João Lucas saiu jogando e arriscou de fora da área, mas a conclusão saiu fraca e ficou fácil para o goleiro Adrian.

Com o passar do tempo, o Nacional começou a crescer no jogo. Flamel cobrou falta e Jairo afastou. Aos 27, Bilau fez jogada pela esquerda e entrou na área, mas o goleiro ficou com a bola.

O Nacional tentou imprimir velocidade no ataque com a entrada de Vitinho, mas a defesa do Penarol bem postada cortava as investidas. Já Flamel, até conseguiu passar a marcação em jogada de velocidade no lado esquerdo, o camisa 10 chutou cruzado e o goleiro Pedro defendeu.

Já a melhor chance do Penarol foi aos 33 em cobrança de falta de Cardoso, que bateu forte, mas a bola explodiu em Adrian.

Nos minutos finais, o Nacional passou a buscar a área adversária a todo custo principalmente com Flamel, Vitinho e Leozinho, mas tinha dificuldade para completar as jogadas, muito por mérito da defesa penarolense.

No fim do jogo, o técnico Edmilson Jesus promoveu a entrada do atacante Acosta, que aos 44 anos, continua na ativa e estreou pelo 20° clube na carreira, porém ele pouco fez em campo.

Ficha Técnica

Penarol 0 x 0 Nacional

Penarol: Pedro, Denner (João Lucas), Marcão, Ivan, Ramon (Janderson), Marcelo, Alberto (Gabriel Renan), Júlio, Espiga (Acosta), Edson, Jairo. Técnico: Edmilson Jesus

Nacional: Adrian, Marcelo (Leandrinho), Henrique, Cris, Romão (Alan Patrick), Bruno (Antony) Baé, Bilau (Manga), Flamel, Leozinho, Jones (Vitinho). Técnico: Alan George

Estadio: Floro de Mendonça, em Itacoatiara

Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso

Gols: não houve


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.