Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
Série D

No Floro de Mendonça, Penarol vence o 4 de Julho-PI por 1 a 0

Wallace marcou o gol da vitória do Leão que, na semana que vem, joga por um empate para alcançar as oitavas de final da quarta divisão nacional



WhatsApp_Image_2021-09-12_at_16.16.50_68DB92EF-05DE-4316-B167-D3916FBC48C4.jpeg Foto: Arlesson Sicsú
12/09/2021 às 17:49

Em jogo truncado pela ida da fase de 16 avos da Série D, o Penarol venceu o 4 de Julho-PI por 1 a 0. Wallace balançou as redes aos seis minutos do segundo tempo. O jogo foi disputado neste domingo (12), no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara.

A partida da volta será dia 18 (sábado), às 15h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri, interior do Piauí. Quem passar de fase enfrentará nas oitavas de final o vencedor de ABC-RN e Retrô-PE.

Com o resultado obtido em casa, o Leão precisa apenas de um empate. Em caso de vitória do 4 de Julho-PI por um gol de diferença, a classificação será definida nos pênaltis.

Primeiro tempo

Jogando em casa, o Penarol começou o jogo animado buscando o campo de ataque. O cartão de visitas do Leão foi aos dois minutos quando Rodriguinho saiu jogando pela direita. Ele cruzou na área, mas a bola passou por todo mundo e saiu. No minuto seguinte, Railson recebeu na meia-lua e finalizou, mas o chute passou à direita do goleiro Jailson.

Aos 8, Railson recuperou a posse de bola e deu um belo passe para Tiririca sair sozinho na cara do bom, porém, Jailson fechou bem o ângulo e o meia chutou em cima do arqueiro.

Buscando espaços no meio campo, o que estava difícil de conseguir com a marcação encaixada do time da casa, o 4 de Julho apostava nas bolas longas. Uma delas foi para os pés de Zé Arthur, que colocou na frente, mas a defesa afastou. Em um contra ataque, novamente Zé Arthur recebeu e saiu de cara para o gol, mas adiantou muito e a zaga cortou.

Perto dos 30 minutos, a marcação do Penarol passou a ter menos intensidade e foi aí que o time piauiense começou a gostar do jogo. Aos 24, Zé Arthur recebeu uma bola enfiada e ia entrar na área, se não fosse o goleiro do Penarol para se adiantar e tirar o perigo. O 4 de Julho ainda testou na sobra, mas o chute saiu para fora. Três minutos depois, Cinelton chutou de fora e viu o chute passar ao lado do gol. A melhor chance do time de Piripiri foi aos 35 quando Zé Flores roubou uma bola no meio campo e passou para Zé Arthur, ele chutou e a zaga travou, mas na sobra mesmo sem ângulo concluiu para o gol e obrigou Bruno Fuso a fazer grande defesa.

Mesmo com os visitantes gostando do jogo, o Penarol ainda teve boas chances perdidas, mas não aproveitou nenhuma delas. Railson chutou fraco uma bola recebida após cobrança de falta do meio campo. Já Rodriguinho recebeu na pequena área e, mesmo caído no chão, disputou a bola com Jailson, mas não conseguiu concluir para o gol.


(Gol marcado por Wallace, aos 6 minutos do segundo tempo. Foto: Arlesson Sicsú)

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o 4 de Julho voltou determinado a colocar pressão no Penarol, que não conseguia passar do meio campo. No entanto, aos 6 minutos, quando conseguiu passar para o campo de ataque, Wallace recebeu e mesmo marcado conseguiu ganhar no corpo. O camisa 9 conduziu a bola e chutou na saída do goleiro do Colorado. Quatro minutos depois, Railson recebeu uma bola enfiada, mas demorou a chutar e deu tempo da defesa se recompor.

A partir daí, o técnico Fernando Tonet mexeu no time e o 4 de Julho passou a dominar a partida. Pouco tempo depois de entrar, Diguinho veio infiltrando pelo lado direito e ficou cara a cara com Fuso, o arqueiro espalmou, a bola ficou vadiando pela área e Alex afastou o perigo. O Colorado tentava avançar, mas com a defesa postada o jogo passou a ficar muito picotado, o que ocasionou muitas bolas paradas. Numa cobrança de falta, Edy cobrou por baixo da barreira e Fuso fez defesa segura. Aos 23, o camisa 2 cobrou outro tiro livre indireto e o arqueiro do Penarol tirou de soco.

Apesar da pressão do 4 de Julho, o Penarol conseguiu criar jogadas rápidas e chegar perto do gol, mas a conclusão não foi tão boa. Em uma das jogadas, Yan Maranhão recebeu livre de frente da área. Ele ajeitou e chutou para fora. Depois, Railson enfiou uma bola para o camisa 20, ele cruzou na área buscando Rodriguinho, mas o camisa 7 não conseguiu alcançar.

Nos minutos finais, o 4 de Julho tentou colocar pressão, mas não conseguiu marcar.


(4 de Julho-PI não teve vida fácil, saindo 'zerado' do Floro de Mendonça. Foto: Arlesson Sicsú)

Ficha Técnica

Penarol: Bruno Fuso, Boca, Alex Flávio, Pedrão, Sidney, PH (Alex Barros), Rodriguinho, Tiririca, Wallace (Donavan), Railson e Gleisinho (Yan Maranhão). Técnico: Vaguinho Santos

4 de Julho: Jailson, Gilmar Bahia, Marcelo, Cinelton, Chico Bala (Doguinho), Rômulo, Jânio Daniel, Hiltinho (Ítalo Pica-pau), Zé Artur, Wilsinho (Edy) e Zé Flores (Alex Mineiro). Técnico: Fernando Tonet

Estádio: Floro de Mendonça, em Itacoatiara

Árbitro: Rubens Paulo Rodrigues dos Santos (GO)

Gols: Penarol: Wallace, aos 6 minutos do 2° T




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.