Sexta-feira, 30 de Julho de 2021
Brasileirão Feminino A2

No Floro, JC empata em 1 a 1 e conquista ponto importante sobre o Fortaleza pela Série A2

Tigre da Velha Serpa 'freia' os 100% de aproveitamento do Tricolor do Pici, que ainda não havia sofrido gols na competição nacional



brasileirao_feminino_a2_1E2D8F7F-FDAD-422F-B25B-92DEBB4C0F62.jpg Foto: Marcos Mendonça/JC
06/06/2021 às 21:50

JC FC e Fortaleza empataram em 1 a 1 neste domingo (6), pela quarta rodada do Brasileirão Feminino A2, no Floro de Mendonça. O gol do Tigre da Velha Serpa foi feito de pênalti pela Fabíola e a Letícia igualou para o Leão do Pici.

O próximo jogo do JC é contra o Tiradentes-PI, na sexta (18), às 15h30, no Albertão. O Tigre da Velha Serpa precisa apenas de um empate para não depender de outros resultados e, assim, conseguir avançar às oitavas. O Fortaleza volta a campo tranquilo, pois já está classificado e joga contra o Paraíso-TO, também na sexta (18), no mesmo horário.



JC abre o placar

A primeira etapa foi marcada por poucos lances de perigo. O JC conseguia propor mais jogadas e roubava bolas com facilidade, porém, não encontrava oportunidades de finalizar com maestria. Foram raras as chances reais de gol para ambas as equipes.

Aos 5 minutos, o Fortaleza chegou com a bola na grande área, mas que foi afastada pela defesa do Tigre com tranquilidade. Após isso, aconteceu um contra-ataque feito por Helena - camisa 11 do JC -, que foi interrompido pela Suyane. 

Aos 7, após escanteio batido pelo JC, a bola foi cabeceada, mas a goleira Luana defendeu. Aos 11, Fabíola recebeu a bola e cruzou para a grande área, onde estava Helena. A atacante conseguiu dominar, mas o impedimento já estava marcado.

A essa altura do jogo, o Fortaleza continuava perdido em campo, tentava propor contra-ataque, mas nada resultava em chance clara de gol. As jogadoras do Leão caíam bastante em campo e pareciam sofrer com o calor. Aos 24, as visitantes tentaram um cruzamento de fora da área, mas a bola passou por todo mundo e acabou nas mãos firmes da goleira Lorrane. 

Aos 30, um escanteio batido pelo JC resultou no encontro das cabeças das jogadoras Natyelle e Fabíola, que imediatamente foram atendidas e, como estavam bem, o jogo seguiu. Na altura dos 35 minutos, em uma disputa de bola entre Suyane e Helena, a jogadora do JC acabou sofrendo um pênalti. Fabíola foi para a cobrança e, finalmente, aos 37, o Tigre da Velha Serpa abriu o marcador. O jogo foi para o intervalo com 1 a 0.

Empate tricolor

Na volta para o segundo tempo, logo aos 5, Natiele tratou de tentar igualar para o Fortaleza ao pegar a bola na entrada da área, mas acabou pelo lado de fora da rede. Aos 12, Letícia recebeu a bola vinda do contra-ataque e arriscou o chute de fora da área, que passou longe de entrar nas redes.

As tentativas do Fortaleza vingaram e resultaram no gol aos 16 minutos. Letícia recebeu a bola dentro da grande área, driblou duas jogadoras de JC e mandou firme para o fundo da rede.

Aos 21, Lais recebeu lançamento, matou no peito, ajeitou no pé e da entrada da área arriscou o chute, porém não resultou no gol. O resto do jogo continuou igual nas poucas emoções e no placar, mantendo-se 1 a 1.

Alice Pereira
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.