Publicidade
Esportes
VAI E VEM

No Nacional, William Amorim pede para sair do time e o lateral Glaybson chega

O atacante nacionalino alegou problemas pessoas e pediu desligamento. Por outro lado, o lateral-esquerdo Glaybson, 30, chega ao Leão para a disputa do returno do Barezão e Série D 01/03/2018 às 16:26 - Atualizado em 01/03/2018 às 16:44
Show aa
William deixa o Nacional, enquanto Glaybson é regularizado no BID (Foto: Reprodução)
acritica.com Manaus (AM)

O Nacional comunicou na tarde desta quinta-feira (1º) o desligamento do jogador William Amorim. O atleta solicitou a saída devido ao estado de saúde de seu pai. O atacante alegou não ter condições psicológicas para dar continuidade na temporada defendendo o Leão. Por outro lado, o Naça trouxe o lateral-esquerdo Glaybson, de 30 anos, para reforçar a equipe no restante da temporada.

“Eu não queria ir, mas minha mãe está sozinha cuidando do meu pai que está com uma doença grave. Eu, enquanto profissional, não tenho condições psicológicas de continuar. Agradeço a diretoria que deixou as portas abertas para mim”, afirma o jogador que viajou às pressas na noite da última quarta-feira (28).

William Amorim estreou com a camisa do Leão diante do São Raimundo e logo na primeira partida acabou sendo expulso. O atacante deixa o clube sem ter balançado as redes. Em contra-partida, a diretoria do Nacional regularizou o nome do lateral-esquerdo Glaybson. O defensor estava no Tiradentes, do Ceará, mas também teve passagens pelo Gama-DF, Campinense-PB e Joinville-SC.

No próximo sábado (3), às 16h, o Naça vai até Manicoré enfrentar o CDC, no estádio Bacurauzão, pela primeira rodada do returno do Barezão 2018. 

Publicidade
Publicidade