COPA DO BRASIL

No Sul, Manaus encara o Brasil de Pelotas almejando 'super voo' hoje (4)

Pela segunda fase da Copa do Brasil, Gavião do Norte defende invencibilidade no torneio e disputa vaga e premiação milionária hoje (4), no Rio Grande do Sul

Leonardo Sena
04/03/2020 às 09:54.
Atualizado em 10/03/2022 às 10:49

(Foto: Divulgação/Manaus FC)

Mais uma noite decisiva na ainda curta história do Manaus. Hoje (4), mais precisamente às 19h30 (horário de Manaus), o Gavião do Norte visita o Brasil de Pelotas, do Rio Grande do Sul no estádio Bento de Freitas, pela segunda fase da Copa do Brasil. Em partida única, fica com a classificação a equipe vencedora do duelo - em caso de empate, a decisão vai para as cobranças de pênalti.

Além da vaga na terceira fase da principal competição mata-mata do país, está em jogo uma premiação de R$ 1,5 milhão, quantia destinada aos clubes que alcançarem a próxima fase. 

Vale lembrar que o classificado encara o Brusque-SC, que goleou o Remo-PE por 5 a 1 na segunda fase. O avanço daria ao Manaus a possibilidade de uma revanche contra o algoz da final do Brasileiro Série D de 2019. De acordo com o regulamento, os confrontos a partir da terceira fase são em ida e volta. Os mandos ainda serão sorteados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Elenco esmeraldino realizou última atividade antes da partida no CT do Grêmio. Foto: Divulgação/Manaus FC

Para manter o tabu

Desde que participou pela primeira vez da Copa do Brasil, o Manaus nunca perdeu. Nas duas primeiras aparições, o Gavião do Norte foi eliminado pela regra do empate que favorece o visitante - em 2018, no estádio Ismael Benigno, a Colina, 2 a 2 com o CSA-AL; em 2019, na Arena, 1 a 1 com o Vila Nova-GO. 

Na terceira vez no torneio, a partida mais marcante. Contra o Coritiba, o Gavião do Norte encheu a Arena e venceu os paranaenses por 1 a 0 - com direito a Jonathan defendendo pênalti do centroavante Sassá na segunda etapa do jogo.

Calendários diferentes

Enquanto o Manaus vai para o seu 11º jogo na temporada, o Brasil de Pelotas-RS vai para o seu oitavo. Além disso, o clube gaúcho foi eliminado do primeiro turno do Estadual, o que rendeu um período de 18 dias sem jogos até o “Xavante” (apelido do time gaúcho) retornar às atividades no último domingo, em vitória por 1 a 0 contra o Novo Hamburgo, pelo returno do Gaúchão.

Treinador Fajardo se preocupou com a logística até Pelotas (RS). Foto: Divulgação/Manaus FC

Até pela sequência de jogos, o Gavião vai para a partida com desfalques por lesão: Rossini, Dolem e Thiago Brito - Panda, que também não viajou como os três, desfalca pelo cartão vermelho tomado contra o Coxa em carrinho aplicado em Sassá. Para amenizar os impactos da ‘maratona’, a diretoria do Gavião montou logística especial, com o time chegando em Porto Alegre dois dias antes, e na cidade do jogo horas antes do duelo por 'voo rasteiro'. 

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por