Sábado, 17 de Agosto de 2019
VOA GAVIÃO

Nos braços da torcida: Após 20 anos, Manaus tem um novo representante na Série C

Mais de 40 mil torcedores viram o Manaus FC superar o Caxias-RS por 3 a 0 na tarde deste sábado (20), na Arena da Amazônia. Rossini, com dois gols, e Mateus Oliveira sacramentaram o placar da partida



7_0990ECD5-5680-4925-9D62-B8378E98C43E.jpg Foto: Sandro Pereira
20/07/2019 às 17:49

Com mais de 40 mil torcedores na Arena da Amazônia, o Gavião do Norte bateu as asas rumo ao acesso inédito a Serie C 2020, e também garantiu vaga nas semifinais da Série D deste ano. O Manaus FC superou o Caxias-RS por 3 a 0, na tarde deste sábado (20), na capital amazonense.  Os gols da partida foram marcados por Rossini (2) e Mateus Oliveira, que chegou a sete gols na serie D. Na soma dos placares ficou 3 a 1 a favor do Gavião do Norte, pois no primeiro duelo, a equipe gaúcha venceu o time esmeraldino. O adversário do Verdão da capital nas 'semi' será definido após o término das partidas da fase de quartas de finais.

Após 20 anos, o Verdão da capital connseguiu ascensão a terceira divisão nacional. A última equipe a atingir o feito, foi o São Raimundo, em 1999, quando subiu da serie C para a B. No jogo do acesso do ano passado, o Manaus bateu na trave, quando perdeu a vaga nas penalidades jogando em solo baré diante do Imperatriz-MA.

O homem do jogo comentou a importância do acesso e a fase difícil por qual passava. “A gente merecida demais esse acesso, agradeço pelo estado do Amazonas ter me acolhido, e agora eu posso retribuir, sou remanescente do ano passado e queria muito dar a volta por cima” .

O técnico Welington Fajardo comentou a presença gigantesca da torcida. “As pessoas do Amazonas são demais, todos tem que vir conhecer, é por isso que me identifiquei tão rápido com vocês”.

O voo do acesso

Com os ânimos exaltados, o duelo começou bastante corrido. Logo aos 3 minutos, no bate rebate pelo meio, de fora da área Negueba pegou a sobra e arriscou o chute que passou por cima da meta do goleiro Lee.

Aos seis minutos, o Manaus pressionou saída de bola e, na recuperação de Hamilton, o camisa 25 tocou para Diogo Dolen, que foi até a linha de fundo e cruzou para as mãos do goleiro do Falcão Grená.

Aos nove minutos a multidão na Arena tomou um susto, com o gol de Taiberson, mas ao receber passe de Wagner, foi assinalado o impedimento.

Chances desperdiçadas

Aos dez minutos, o Gavião teve mais um lance de perigo a seu favor. Diogo Dolen acertou um belo chute de fora da área, mas o goleiro Lee foi na bola mandando pra linha de fundo.

Aos 13 minutos Derlan teve chance de abrir o placar, na bola sobrada do cruzamento de Negueba. O capitão do Manaus dentro grande área ganhou do zagueiro Jean, e no arremate, mandou a bola pra fora.

O ritmo do jogo seguia intenso, com a equipe do Manaus pressionando. E, aos 23 minutos, o zagueiro do Gavião do Norte, Patrick, arriscou chute de fora, e o goleiro Lee fez a defesa, socando a bola pra linha de fundo.

Aos 34 minutos o jogo foi paralisado devido o choque entreo goleiro Lee e o atacante do Manaus Diogo Dolen, que foi retirado por Ambulância do gramado, e foi substituído por Vitinho.

No fim da primeira etapa, o Manaus passou a errar muitos passes no meio de campo. Enquanto isso o Caxias tentava puxar contra ataque no vacilo do Gavião.

Mudança de postura

Na segunda etapa, o Manaus voltou com postura ainda mais agressiva, e o Caxias seguia recuado, mas na bobeada no meio campo do Gavião aos 8 minutos, Michel avançou e lançou Taiberson na direita, e dentro da grande área mandou a bola no travessão de Jonathan.

Aos 17 minutos o Manaus teve grande chance. Derlan limpou no meio campo e próxima a meia lua acertou um chute de fora da área, pra defesa dificil do goleiro do Caxias.

Emoção

Aos 26 minutos o Manaus abriu o placar. Vitinho cruzou pela direita, e dentro da grande area Hamilton cabeceou, e no pivô Mateus Oliveira rolou pra Rossini encher o pé e balançar as redes do Falcão Grená.

Aos 40 minutos, o Manaus fez o segundo. Após bate e rebate dentro da pequena area, Vitinho, no segundo poste, tocou pra Rossini marcar o segundo gol. Nos acréscimos o Manaus fechou o caixão do Caixas. Vitinho aproveitou o contra ataque, e dentro da grande tocou pra Mateus Oliveira sacramentar o acesso, com chute no canto do goleiro Lee.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.