Publicidade
Esportes
Craque

Nos passos de Ronda: lutadora amazonense está prestes a entrar no seleto time do UFC

A bela Ketlen “Fenômeno” Vieira vive a expectativa de ingressar no Ultimate no ano que vêm. Além do sonho, a peso-galo almeja vencer a atual campeã da categoria, Ronda Rousey 25/09/2015 às 16:54
Show 1
Ketlen "Fenômeno" Vieira está próxima de se tornar a primeira amazonense no UFC.
Denir Simplício Manaus (AM)

O olhar, antes doce, agora é de predador mirando a presa. O sorriso meigo se esconde por trás do protetor. As mãos delicadas estão fechadas e prontas pro combate. A tensão aumenta... soa o gongo no octógono.

Numa fração de segundos a bela dá lugar a fera em uma voraz trocação de golpes. No primeiro soco a adversária tem o nariz quebrado e o sangue jorra. A sequência é devastadora: o punho pesado destrói a face da desafiante. A luta vai pro chão e, de forma  rápida e precisa, a guerreira finaliza sua oponente... acabou! Foi dessa maneira que  Ketlen “Fenômeno” Vieira venceu sua última luta, a quarta em direção a mais respeitada organização de MMA do planeta, o UFC.

A bela moça de 24 anos está próxima de se tornar a primeira amazonense a integrar o seleto quadro de lutadores do Ultimate e realizar mais que um sonho, um projeto de vida.

“Desde pequena  sempre fui apaixonada por lutas, sempre achei lindo e pedia pra minha mãe me colocar no judô. Treinei duas vezes por semana numa academia até meus 15 anos. Foi quando meu pai ficou desempregado e minha mãe não teve como me manter na academia”, conta Ketlen, lembrando que a mãe, Socorro Freitas, caminhava 6 quilômetros por dia pra levar a jovem à um clube  da Zona Oeste da cidade, onde as aulas de judô eram de graça.

“Minha mãe sempre me apoiou e andava todo dia comigo 3 quilômetros pra ir e 3 pra voltar do Clube dos Oficiais, no ASA, onde tinha judô gratuito. Foi quando eu comecei a ganhar e me destacar nas lutas”, comentou a lutadora, que depois migrou para o Jiu-Jitsu e a Luta Olímpica.

A “fenômeno”

Não é a toa que Ketlen Vieira adotou o apelido Fenômeno ao nome. A jovem, que é faixa preta de judô, marrom de jiu-jitsu e ainda é super-campeã na Luta Olímpica, vem simplesmente destruindo as adversárias no octógono e é a maior revelação do MMA no Norte do Brasil. Disputando combates na categoria peso-galo (Até 61kg), Ketlen - do alto de seu 1,70m - é uma lutadora completa. São cerca de sete horas diárias de treinamentos, que vão do Muay Thai ao boxe, em três períodos durante a semana.

“Nunca tive minha visão fechada, que nem os de cavalos de corrida. Sempre gostei de luta, de fazer tudo. Fiz o judô, o jiu-jitsu  e depois fui pra luta olímpica. E sempre quis fazer MMA”, conta Ketlen, revelando que no começo, a mãe foi contra o ingresso da filha no mundo das Artes Marciais Mistas. “No início minha mãe não gostou . Ela me disse: ‘Ah, você acabou com seu corpo. Tá toda musculosa e agora quer acabar com teu rosto?’. Mas com a entrada do UFC e, principalmente, da Ronda (Rousey) ela passou a ver diferente e passou a me dar esse apoio, essa força”, comentou a detentora do cinturão do Mr.Cage,  explicando o carinho  que recebe da mãe.

“Com minha mãe do meu lado eu me sinto mais preparada. Ela não é que nem a mãe da Ronda, que ensinou ela a lutar. Minha mãe não me ensinou a lutar no tatame, mas  me ensinou a lutar na vida”, disse a jovem, que vêm de uma família de advogados e está no oitavo período do curso de Direito.

Ronda é o alvo

Fã confessa da campeã peso-galo do UFC,  Ronda Rousey, a amazonense Ketlen Fenômeno Vieira já teve a oportunidade de encarar a musa do Ultimate. Porém, não foi nos tatames ou octógonos, mas em um evento  de MMA amador, em Las Vegas, onde a norte-americana era uma das convidadas VIPs.

“Sou fã da Ronda. Eu a encontrei em Las Vegas, quando fui disputar o mundial de MMA amador. Ela é muito carismática. Todos no local gritavam o nome dela”, conta Ketlen, relatando que fez uma promessa para a ícone das lutas do UFC.

“Procurei uma pessoa que falasse inglês pra me ajudar a dizer que queria lutar com ela.Aprendi a dizer: ‘I´m from Brasil. I want fight you!’ (Eu sou do Brasil. Quero lutar com você!) Ela sorriu e respondeu: Oh não! Pelo amor de Deus! Depois fizemos uma selfie”, relembra.

A “profecia” de Ketlen pode se tornar realidade em breve. Com mais duas lutas agendadas até o fim do ano, a Fenômeno vai trabalhar com o mesmo treinador de Zé Aldo, no Rio, antes de  ingressar no Ultimate em 2016. “Em  outubro vou pro Rio de Janeiro, pra Nova União com o Dedé Pederneiras me preparar pro Shooto. Ainda devo fazer uma luta em dezembro. Em seguida meu empresário vai me deixar à disposição do UFC”, revelou a amazonense, otimista com a chance de fazer parte da elite dos lutadores de MMA.

“Meu maior sonho é entrar no UFC. Depois é vencer a Ronda, que é a campeã da minha categoria.  Então,  se Deus quiser, eu tenho tudo pra ser a primeira amazonense a entrar no UFC no ano que vêm”, finalizou a mais nova revelação do MMA do Amazonas.

Publicidade
Publicidade