Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
DESPEDIDA

Nos pênaltis, 3B é eliminado pela Chapecoense da Série A02 do Brasileiro Feminino

Com o resultado, a Chape enfrenta o Palmeiras em jogo que vale o acesso à primeira divisão do futebol feminino



chapecoense_CBED04B9-72C1-4213-AAF4-B6CB1A8DA65F.JPG Foto: Márcio Silva
26/05/2019 às 18:23

Neste domingo (26), 3B e Chapecoense se enfrentaram em jogo decisivo da Série A02 do Brasileiro Feminino, valendo vaga das quartas de final da competição. Após empate em 1 a 1 no tempo normal, o time amazonense deu adeus à competição na disputa por pênaltis.

A Chapecoense chegou a abrir o placar, o 3B buscou o empate, parou duas vezes na trave antes de perder dois pênaltis na etapa decisiva da partida. Com o resultado, a Chape enfrenta o Palmeiras em jogo que vale o acesso à primeira divisão do futebol feminino.

Partida                                        

O 3B iniciou o jogo pressionando o adversário, com maior posse de bola e mantendo a Chapecoense longe do gol. Mesmo assim, a primeira chance do time amazonense só saiu na bola parada. Em cobrança de falta, May quase abriu o placar para o 3B.

A partir dos 10 minutos, no entanto, a marcação começou a dar espaços e a Chape, tanto que a gente equipe visitante teve grande chance aos 12, quando Gi partiu em velocidade, mas foi travada por Rebeca no momento da finalização. Aos 14, foi Soraya quem teve a chance de abrir o placar para a Chape, mas Mariana fez boa defesa.

Aos 17, Paulinha retribuiu o susto e também finalizou com perigo, mas a bola passou por cima do gol. A goleira da equipe catarinense só teve trabalho aos 22, em finalização de muito longe de Moara.

A partir daí, o ritmo da partida diminuiu, muito por conta do calor em campo e o jogo seguiu para o intervalo sem gols. Na segunda etapa, a partida demorou a engrenar.

A primeira chance clara surgiu apenas aos 30 minutos e foi justamente quando as redes balançaram. Gi recebeu em velocidade, pela ponta esquerda e bateu na saída da goleira para abrir o placar para a Chapecoense.

O cenário obrigou o 3B a se lançar ao campo de ataque. Tanto que logo aos 32 o time quase empatou em jogada de Vitória Almeida, que ganhou na velocidade e bateu forte para boa defesa de Camila. A bola ainda bateu na trave antes de ser afastada para zaga.  Dois minutos depois, em jogada semelhante, Vitória abriu na ponta direita e bateu para meio, Moara ganhou da zaga e completou para o fundo das redes.

Aos 45, o 3B teve a chance de matar o placar. Vitória aproveitou bobeira da zaga e quase sem ângulo acertou, de novo, a trave. No minuto seguinte, em outra sobra de bola, Nicol parou na goleira Camila. Com o empate, a decisão da vaga seguiu para os pênaltis.

Nas cobranças de tiro livre, a igualdade mostrada na partida seguiu aparecendo. Os dois times perderam a primeira cobrança e seguiam, gol a gol, disputando quem avançaria. Na quarta cobrança, porém, Vitória Almeida acertou a trave e viu a Chape converter a última batida, que sacramentou a classificação da equipe visitante.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News valter f5c53c3a 72e2 4be6 953e d8855a7d742d
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.