Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.png
publicidade
publicidade

Obras Colina

Nova fase da obra no estádio da Colina em Manaus

Reforma do estádio que é um dos mais tradicionais de Manaus deve ser concluída no mês de dezembro


17/04/2013 às 11:37

Em ritmo acelerado. É assim que Miguel Capobiando, coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP) definiu o andamento das obras no estádio Ismael Benigno – a Colina, um dos mais tradicionais de Manaus e que já foi palco de grandes jogos locais e nacionais. A reforma do local, que servirá como um dos três Campos Oficiais de Treinamento (COTs) durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, começou oficialmente no dia 22 de março.

Com a base de sustentação comprometida e sem condição de reforma, as arquibancadas, interditadas desde 2008 pela Defesa Civil, entraram na fase de demolição. “As obras começaram pra valer. Na semana passada, quando estive na Colina, fiquei impressionado com o trabalho que já foi realizado durante essas poucas semanas. Temos 10% das estacas já executadas em uma semana de trabalho mesmo chuvas e o tempo em Manaus  esperamos que ter 100% até junho. Quando as arquibancadas estiverem totalmente demolidas, prosseguiremos com a parte de concreto e levantamento de novas estruturas”, explicou Capobiango.

O coordenador da UGP também falou sobre a importância desta obra para o futebol amazonense. “A reforma da Colina faz parte de um trabalho de muito tempo e é uma obra bastante importante para o Amazonas, pois com a revitalização deste estádio o futebol local terá mais uma alternativa e os torcedores terão  um lugar confortável e com uma ótima estrutura para assistir os jogos”, comentou.

Assim como a Arena da Amazônia, que está com 56% das obras concluídas, a construção do estádio Ismael Benigno, calculada em R$ 21 milhões, com recurso do Ministério do Turismo e contrapartida do Governo do Amazonas, também deverá ser entregue em dezembro deste ano e antes de ser entregue para Fifa, em abril de 2014, deverá passar por alguns testes. “A determinação é que a reforma da Colina seja concluída em dezembro e nós vamos cumprir este prazo”, afirmou o coordenador.

Sob responsabilidade técnica da empresa Tecom (Tecnologia em Construções Ltda), a reforma da Colina terá estacionamento, vestiários e gramado nos padrões internacionais da Fifa. O complexo terá sala de imprensa para 200 jornalistas, vestiário, academia e setor médico. Dentro do estádio haverá lanchonetes, bares e banheiros, que serão projetados para utilização pública.

publicidade
publicidade
TJD-AM nega impugnação e Manaus é mantido como campeão do returno
Prefeitura começa a demolir imóveis para obras na avenida Constantino Nery
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.