Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Craque

Novas Guerreiras: jogadoras da Seleção chegarão ao Iranduba nas próximas semanas

A zagueira Tayla e a lateral Rílany foram as escolhas do diretor de futebol do clube, Lauro Tentardini, no Draft da CBF. A primeira chega na semana que vêm, enquanto a segunda defende o Brasil na Copa Algarve, em Portugal



1.jpg Tayla e Rílany são as novas "Guerreiras do Hulk".
23/02/2016 às 21:48

Tem jogadora da Seleção chegando na área. A zagueira Tayla e a lateral Rílany da Seleção Brasileira permanente são as mais novas “Guerreiras do Hulk”. Ambas foram as escolhidas para reforçar o time amazonense no Draft da CBF realizado ma tarde de ontem na sede da entidade.

Coube ao diretor de futebol do Iranduba, Lauro Tentardini, a missão da escolha das atletas. O que causou certa estranheza, já que a maioria dos oito clubes que participaram do Draft foram representados por seus treinadores, inclusive os três próximos adversários do Hulk: Flamengo, Corinthians e São José.

Um bom problema

Mesmo alheio a escolha, o técnico Olavo Dantas, que não acompanhou o Draft, comentou que as novas aquisições do Verdão serão muito bem-vindas e lhe trarão uma “boa dor de cabeça” para a segunda fase do Campeonato Brasileiro.

“Sinceramente não conheço as atletas, mas é claro que elas serão muito bem recebidas no grupo e tenho certeza que vão colaborar muito com nosso trabalho. Sei que é uma zagueira e uma lateral e me trarão uma boa dor de cabeça. Temos a Bruna e a Ju (na posição), que são ótimas jogadoras e nosso time só tem a melhorar”, disse o técnico, lembrando que o Draft é fato novo para o Iranduba.

Responsável pela escolha da dupla que reforçará o Iranduba no restante do campeonato, Lauro Tentardini justificou sua decisão. “Entendi que deveria levar a Tayla como primeira opção. Entendi que precisávamos de uma zagueira, após a saída  da Crack, nós só ficamos com a Karen, a Sorriso e a Vitória, que é uma jogadora muito promissora, mas muito nova. E a Rílany é uma lateral de qualidade, embora nós estejamos bem servidos na posição, sabemos que a Bruna terá convocações para a Sub-20 (Seleção) e isso pode nos atrapalhar”, explicou o dirigente.

A lateral Rílany, que só deve desembarcar em Manaus após a disputa da Copa Algarve, em Portugal, com a Seleção Brasileira, disse que conhece algumas atletas e vem pra ajudar o Iranduba.

“Conheço algumas atletas e já joguei com a Maike (goleira) na Ferroviária em 2013. Conheço a equipe desde quando se iniciou o Brasileiro e passei a conhecer mais esse ano com a boa campanha que fizeram na primeira fase, e viraram a sensação do campeonato. Estou indo para ajudar, pra somar com o trabalho que já está sendo muito bem executado por toda equipe. Esforço e dedicação não irão faltar”, declarou a jogadora.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.