Sábado, 07 de Dezembro de 2019
Craque

Novos ares: Roberto Dinamite acerta com Rio Branco-AC para a temporada 2016

O capitão do Fast Clube na quebra do jejum de 44 anos sem título acertou sua ida para o Estrelão para o ano que vem. Volante volta a deixar o Estado após dois anos atuando no futebol amazonense vindo da Europa 



1.jpg Dinamite fechou acordo e vestirá a camisa do Rio Branco em 2016.
10/12/2015 às 20:48

A falta de calendário para a maioria dos clubes do Amazonas no primeiro semestre de 2016 começa a causar uma debandada no futebol Baré. Em busca de novos ares e, principalmente, de trabalho o volante Roberto Dinamite assinou contrato com o Rio Branco, do Acre, para a próxima temporada. Depois de longa passagem pela Europa, o jogador, que há dois anos voltara a jogar no Estado, vai desfilar seu futebol no Estrelão no ano que vem.

Depois de marcar história com a camisa do Fast Clube em 2015, quando ajudou o Tricolor de Aço a sair da fila após 44 anos sem títulos entre os profissionais, Dinamite preferiu se manter em campo, atuando nos gramados acreanos. De acordo com o jogador, ele se apresenta no início de 2016 na nova casa.



“Estou feliz por ter fechado esse contrato. Vai ser uma experiência nova porque vou voltar a sair do Estado depois de dois anos pra jogar no Rio Branco. Sei que é um time grande do Acre, o maior clube do estado e isso é uma satisfação muito grande”, disse.

Indicação do treinador

Dinamite vai ser comandado no Rio Branco por um velho conhecido, João Carlos Cavalo, que dirigiu o Fast no Barezão 2015, acertou com o Estrelão no início desta semana e não perdeu tempo em indicar o polivalente jogador para seu plantel. O ex-capitão fastiano comentou sobre a parceria com Cavalo e o projeto do Estrelão para 2016.


"Fui (para o Rio Branco) por uma indicação do técnico João Carlos Cavalo. E as informações são as melhores sobre o clube. Até dois anos atrás estava disputando a Série C e vou pelo projeto, que tem um calendário cheio com Copa do Brasil, Estadual, Copa Verde e o Campeonato Brasileiro. Espero fazer um bom trabalho, como vinha fazendo em todos os clubes por onde passei e espero ter sucesso. Essa é minha ambição maior", avaliou o jogador.

Fast não procurou

A Federação Amazonense de Futebol (FAF) acenou com a criação de um triangular envolvendo o Fast Clube, Princesa e Nacional para fevereiro de 2016. No entanto, segundo Dinamite, a diretoria fastiana não procurou o jogador para uma possível renovação para a próxima temporada. 

"Não fui procurado por ninguém da diretoria do Fast. Não sei qual o planejamento do clube para 2016. Não sei quais são as ideias, sei apenas que os Juniores vão viajar pra disputar a Copa São Paulo. Agora sobre o departamento de futebol profissional, não fui procurado por ninguém, nem pelo presidente, nem pelo vice, enfim, nenhum diretor me procurou. Então como o campeonato amazonense só começa em agosto e eu vivo do futebol, eu fui procurar minhas melhoras", explicou o capitão da Copa Amazonas, agradecendo ao clube e a torcida do Tricolor.

"Sou grato ao Fast. Tenho um carinho, amizade e respeito por todos. E estamos à disposição sempre. É isso, a vida continua. Desejo sucesso", despediu-se o, agora, ex-jogador do Rolo Compressor.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.