Publicidade
Esportes
Craque

O bicho vai pegar: CPI aprova quebra de sigilos de Del Nero, Marin e Ricardo Teixeira

Liderada pelo senador Romário, CPI do Futebol aprovou as quebras de sigilo fiscal e bancário dos ex-presidentes da CBF, Teixeira e Marin, além do atual chefão da entidade, Marco Polo Del Nero 01/12/2015 às 15:43
Show 1
CPI aprovou quebra do sigilos bancário e fiscal de Del Nero e Marin.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O cerco sobre os ex-presidentes da CBF, Ricardo Teixeira e José Maria Marin, e o atual mandatário da entidade, Marco Polo Del Nero, está se fechando. Em sessão relâmpago, na tarde desta terça-feira (1º), a CPI do Futebol no Senado aprovou por unanimidade as quebras de sigilos dos dirigentes investigados em casos de corrupção no futebol brasileiro.

A sessão não chegou a durar dez minutos e a votação dos requerimentos foi nominal. Por ora, ficaram de fora da pauta a quebra do sigilo telefônico de Carolina Galan, ex-namorada de Del Nero, assim como a quebra dos sigilos fiscais e bancários do ex-presidente do Flamengo, Kleber Leite, e da empresa Kefler, a qual Leite é proprietário.

Em relação a Ricardo Teixeira, a Comissão aprovou as quebras de dos sigilos bancário e fiscal desde 1º de janeiro de 2007 até março de 2012, quando José Maria Marin, que cumpre prisão domiciliar nos Estados Unidos, assumiu o posto à frente da CBF.

Sem se reunir há 20 dias, a CPI necessitava da aprovação dos 23 requerimentos para prosseguir com as investigações. Com novos documentos e escutas a serem analisados, a expectativa é que a Comissão só volte a se reunir após o Carnaval.

Mais quebras

Outro foco das investigações da CPI do Futebol é o Comitê Organizador da Copa do Mundo da Fifa 2014. Os sigilos bancários e fiscais do COL-2014 também deverá ser quebrado. Um dos requerimentos exige que a organização do Mundial no Brasil. 


Publicidade
Publicidade