Publicidade
Esportes
Craque

Ô loco meu! Por cota baixa, Corinthians ameaça não disputar Libertadores de 2016

O motivo seria a insatisfação do clube com o valor repassado pela Conmebol aos clubes brasileiros que disputam a competição 19/12/2015 às 15:06
Show 1
Andres Sanchez afirmou que a Conmebol não está preocupado com os times brasileiros que disputam a Libertadores
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O Corinthians pode não disputar a Libertadores de 2016, caso a Conmebol não aumente a cota  de premiação dos participantes. O superintendente de futebol do Timão, Andrés Sanchez, afirmou que irá ao Paraguai para o sorteio da fase de grupos na próxima terça-feira (22) e aproveitará a ocasião para conversar com os dirigentes da Conmebol a respeito das cotas.

“Vamos para o Paraguai um dia antes do sorteio para conversar. Se não aumentar as cotas, a gente não vai disputar a Libertadores. A gente entende que essas cotas são ridículas. As do Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro são maiores do que na Libertadores”, disse Andres.

A cada partida disputada na Libertadores, os clubes brasileiros recebem cerca de 120 mil dólares. Para cada partida em casa, 10% da renda bruta é destinada à Conmebol e 5% para a Federação Paulista de Futebol. Esses valores desagradam o dirigente corintiano, que afirma que o valor recebido pelos clubes deveria ser maior, principalmente por causa das viagens pela América do Sul.

Para o cartola, ficar de fora da principal competição da América do Sul não é problema. Segundo ele, não há uma preocupação com os times brasileiros. “Tem que aumentar a cota, poder colocar nossos patrocinadores. A Conmebol não deixa exibir o nome dos patrocinadores, não tem cabimento isso “, acrescentou.

Andrés também comentou durante um evento de doação de sangue promovido pelo clube que o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, discutiu a questão com Palmeiras, Atlético Mineiro, Grêmio e São Paulo – clubes que também irão participar da competição - , mas que o time paulista é o que tem maior chance de não jogar o campeonato.

“O presidente conversou com os clubes, está todo mundo mais ou menos com essa ideia, mas o Corinthians tem mais certeza de que não vai jogar “,declarou.



Publicidade
Publicidade