Domingo, 29 de Novembro de 2020
Futebol

'O nosso objetivo é o título e o acesso', diz Lecheva em preparação para penúltima rodada

Já classificado, o tricolor pode assumir a liderança do grupo em caso de vitória sobre o Rio Branco-AC_



980f28d7-08a1-446b-8f7f-ef3b5200ebd5_5B3B0271-AAD8-4AE1-B968-C28D535BAA68.jpg Foto: Iago Albuquerque
21/11/2020 às 18:38

"O nosso objetivo é o utítulo e o acesso" diz Lecheva em preparação para penúltima rodad

Vice-líder, melhor ataque e a segunda melhor  defesa do grupo A1 do Campeonato Brasileiro Série D, essa é a campanha do Fast Clube, que já classificado para a próxima fase, enfrenta o Rio Branco-AC, no próximo domingo (22), às 17h (horário de Manaus), na Arena Acreana.



Feliz com a classificação antecipada, o treinador Ricardo Lecheva não se deu por satisfeito com os resultados alcançados até o momento na temporada. Para ele, o Fast deve encarar os jogos finais como se fosse uma decisão. A ambição do treinador agora é terminar a primeira fase como líder do grupo, consolidando a boa campanha do Tricolor de Aço nesta edição da Série D, além de ter a vantagem de decidir os jogos das próximas fases em casa.

Lecheva ressaltou que embora todas as metas traçadas ainda não tenham sido alcançadas, a classificação gera alivio para trabalhar: “É claro que sempre que você alcança um objetivo, isso te dá certo alívio na carga semanal de trabalho, mas estamos longe ainda de alcançar o nosso objetivo que é o título e o acesso”, destacou o treinador.

O comandante Tricolor tem lidado com frequentes baixas na equipe, seja por lesão ou suspensão, como é o caso do zagueiro Bernardo Benjamin e do volante Pelezinho. O Fast em menos de 25 dias perdeu seis jogadores em todos os setores do time, que foram liberados ou receberam ofertas de outras equipes, a última liberação foi do lateral esquerdo Souza, que deixou o Fast por questões pessoais. Mas nada que tire o sono do treinador, que avalia novos reforços para a sequência da competição.

“Nós estamos estudando, sabemos que nesse momento não adianta trazer só por trazer, precisamos de atletas que não estejam muito tempo parado, porque o tempo de preparo é curto, já entra na fase de mata-mata, onde nós vamos ter uma sequência indefinida dentro da competição. Nós estamos avaliando, temos alguns nomes que estamos estudando, principalmente no setor de meio-campo, onde nós temos a maior carência desde o início da competição, não pelos nomes de qualidade, mas por números de jogadores. Temos a necessidade de tentar trazer o mais rápido um ou dois atletas”, finalizou Lecheva. 

O Fast relacionou 19 jogadores para a partida da 13ª rodada, dentre as carências apontadas por Lecheva no elenco, o meio-campo conta apenas com três jogadores de criação, e na lateral, o clube leva apenas um jogador para cada lado, sem levarmos em consideração que o volante Igor eventualmente possa jogar pela lateral.

Durante a semana, o lateral direito Lê Santos (ex-Manaus) treinou com o elenco. O Fast admitiu ter aberto conversas para contar com o jogador, ainda especulava-se nos bastidores um possível retorno do meia Emerson Bacas, que pertence ao Porto Velho-RO, no entanto, com o avanço do clube rondoniense à final do estadual, não há tempo hábil para que o meia tenha seu retorno, já que a regulamento especifico da Série D diz que o prazo máximo para um atleta ser publicado no BID é até o próximo dia 3 de dezembro, e o atual clube do meia-atacante jogará até o próximo dia 5.

Confira os 19 jogadores relacionados para a partida diante do Rio-Branco:

Goleiros: Alencar e Luiz Carlos

Zagueiros: Guilherme, Guigui, Alison

Laterais: Bernardo, Ítalo

Volantes: Denis Pedra e Igor

Meias: Marco Goiano, João Lucas e Charles

Atacantes: Caíque, Tiago, Negueba, Daivison, Raylson, Ronan, Mateus Oliveira

Ausências: O zagueiro Bernardo Benjamin segue se recuperando de uma lesão muscular na coxa, já o volante Pelezinho, cumpre suspensão automática por ter levado o terceiro cartão amarelo diante do Bragantino-PA.

O adversário

O Rio Branco contará com o retorno de 15 atletas, incluindo o goleiro Bruno. O Estrelão enfrentou um surto interno de Covid-19 nas últimas semanas, que acabou infectando uma série de atletas, são eles: Paulinho, Wallinson, Bruce, William, Valdimar, Ramon Santos, Pêu, Ângelo, Mateus Monte, Salatiel, Lyniker, Chumbinho, Cassiano e Marcos Bahia, além do goleiro Bruno. Todos os jogadores que foram infectados já estão completamente recuperados e devem estar à disposição do treinador Walter Amaral, para a partida de domingo. 

O Fast Clube, é segundo do Grupo A1, com 22 pontos, um a menos que o Galvez-AC, que assumiu a liderança neste sábado ao golear o Vilhenense-RO pelo placar de 7 a 1. Já o Rio Branco-AC é terceiro colocado, com 21 pontos, uma vitória do tricolor aliado a um tropeço do Bragantino-PA, que joga na segunda-feira (23), diante do Atlético Acreano, garante a primeira posição do grupo ao Fast, independente dos resultados da última rodada.

João Felipe

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.