Publicidade
Esportes
Trocou de Verdão

Olavo Dantas comandará o Manaus FC no Estadual Feminino 2016

O ex-treinador do Iranduba aceitou o convite da direção do Verdão da Capital e será o treinador do equipe na estreia do futebol feminino no Gavião do Norte 01/07/2016 às 14:54
Show olav
Olavo dirigiu o Iranduba durante cinco anos e deixou o clube no último mês de março. Revelador de talentos, o treinador assume o Manaus com a mesma intenção (Foto: Denir Simplício)
Denir Simplício Manaus (AM)

Um novo começo. Assim podemos considerar a ida do técnico Olavo Dantas no comando do Manaus FC. O ex-treinador do Iranduba da Amazônia, fenômeno de público na temporada, assume outra equipe de cor verde, dessa vez o Verdão da Capital. A direção do Gavião do Norte anuncia oficialmente a aquisição do comandante nesta sexta-feira (1º), onde também apresenta parte do elenco para a disputa do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino 2016.

Credenciais para um bom trabalho no futebol feminino não faltam a Olavo Dantas. O técnico é pentacampeão amazonense com Iranduba num feliz casamento que teve seu divórcio decretado em março deste, após ter classificado as Guerreiras do Hulk para a segunda fase do Brasileirão da categoria. Dantas elogiou sua ex-equipe e espera ter sucesso agora no comando do Manaus FC.

"O Iranduba é o grande favorito ao título por vários aspectos: tem questão física, a parte tática e a técnica. São meninas que já passaram por seleção brasileira, além de fazer parte da nata do futebol nacional. O Iranduba fez um grande Brasileiro e é um atrativo para as outras equipes. Os outros times podem sonhar com um trabalho e pretendemos fazer isso no Manaus num período de longo, médio ou curto prazo. Tudo isso faz parte, que as pessoas possam lutar para que tenhamos outras equipes fortes no futebol feminino no Estado", pontuou Olavo.

Estreante na modalidade, o Manaus FC possui ótima estrutura e o ingresso no futebol feminino é visto por Olavo Dantas como bela iniciativa. O treinador afirmou que quando foi procurado pela direção do Gavião explicou que sua intenção era promover o esporte dentro do clube e ter tempo para promover seu trabalho, assim como fez durante cinco temporadas no Iranduba.

"Durante os cinco anos que estive no Iranduba, eu, o Said (José, atual técnico do Iranduba) e o Amarildo (Dutra, presidente do Iranduba) trabalhamos muito para fazer do Iranduba uma grande equipe. Quando a Pat (Patrícia Serudo, presidente do Manaus FC) me procurou para expor a situação, disse que só aceitaria o cargo se fosse pra fazer um bom trabalho, pra chegar a final. Com isso vamos divulgar o nome do clube numa nova modalidade, a ideia é dar continuidade no trabalho. Temos uma grande dificuldade financeira, mas vamos superar isso com muito trabalho. E uma das minhas características é valorizar as meninas locais, pretendemos fazer isso no Manaus", explicou.

Remanescentes do Hulk

No comando do Gavião do Norte, Olavo Dantas vai reencontrar algumas das suas ex-atletas dos tempos de Iranduba, como as atacantes Paulinha, que está em negociação com o Manaus, além da volante Crack e as atacantes Deyse e Luh. Rose Bia também devem estar no elenco do Verdão da Capital, todas elas campeãs amazonense com o Iranduba em 2015. 

O Manaus FC só estreia no Barezão Feminino na segunda rodada do campeonato. Neste sábado (2), o Iranduba encara o Arsenal, no Campo do 3-B, na Zona Sul de Manaus, enquanto o Holanda enfrenta o Salcomp, no Campo do Km 4.

Publicidade
Publicidade