Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Craque

Olimpíadas 2016: Por Manaus, Roberto Gesta quer mobilizar agentes políticos

Presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo criticou a posição da Fifa sobre a participação da capital amazonense como sede do torneio de futebol dos Jogos do Rio e disse que agora se faz necessário uma mobilização política em prol da cidade



1.jpg Gesta é o principal articulador da campanha amazonense em nível internacional
13/02/2015 às 09:57

Principal articulador do movimento que promoveu a candidatura manauara como sub-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e autoridade reconhecida no mundo olímpico, o amazonense Roberto Gesta criticou a posição da Fifa sobre a participação de Manaus como sede do torneio de futebol das Olimpíadas e disse que agora se faz necessário uma mobilização política em prol da cidade.

“Acho que se for demonstrado de maneira convincente, com apoio inclusive de parlamentares de outros estados, podemos convencer a Fifa”, disse Gesta, que garantiu que irá empenhar pessoalmente na tarefa. O dirigente criticou ainda a suposta posição “contraditória” da Fifa sobre a inclusão de Manaus nos Jogos.



“É uma posição contraditória (da Fifa). Quer dizer que nós gastamos uma fortuna pra realizar os jogos da Fifa aqui e os Jogos Olímpicos, que são do Brasil, nós não podemos trazer para Manaus?”, questiona Gesta, que é presidente da Confederação Sul-Americana de Atletismo e integrou a delegação brasileira que conseguiu a aprovação dos Jogos Olímpicos no Brasil.

“Quando votamos a decisão da vinda dos Jogos para o Brasil, se falou muito que os jogos, embora sediados no Rio de Janeiro, não seriam uma exclusividade daquela cidade, mas sim de todo o País. Os Jogos são do Brasil, o investimento é brasileiro, não é possível deixar de lado uma grande parcela do território nacional por um simples capricho. Isso atenta contra a soberania do comitê organizador”, desabafou Gesta, que criticou a Fifa.

“Não tem lógica (a postura da Fifa), porque os jogos da Copa do Mundo, que são de propriedade da entidade, vieram para Manaus. Nas Olimpíadas, ela é mera coadjuvante, como pode fazer declaração contra a cidade?”, disse ele, lembrando que uma publicação da própria entidade elogiou a participação de Manaus na Copa e “chegou a afirmar que deveriam haver mais jogos na cidade”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.