Publicidade
Esportes
Craque

Operário garante acesso a Série A do Amazonense dentro de campo e no regulamento

O “Sapão” conseguiu a vaga no sábado (29) ao arrancar o empate contra o CDC, em Nova Olinda. Com maior número de vitórias na competição, o time de Manacapuru tentará agora conquistar o título do returno 01/12/2014 às 09:35
Show 1
Operário já garantiu o acesso à Série A do Barezão 2015 e agora vai tentar o título do returno.
Anderson Silva Manaus (AM)

Depois de dois anos de ausência da elite do futebol amazonense, o Operário está de volta à Série A do Estadual. O retorno foi garantido no último sábado (29), ao empatar em 2 a 2 com o CDC Nova Olinda no estádio Castanheirão, em Nova Olinda do Norte (distante a 135 quilômetros em linha reta de Manaus) e ainda por força do regulamento do torneio.

Segundo colocado e com sete pontos o Sapão de Manacapuru tinha somente o CDC Nova Olinda - com quatro pontos e na terceira colocação - como principal concorrente, já que o Rio Negro lidera o returno e conquistou o acesso na primeira fase.

Na última rodada, na quarta-feira (03), o Operário pode até ser derrotado pelo Rio Negro e o CDC Nova Olinda pode vencer o Cliper, chegando aos sete pontos, que ainda assim está garantido na primeira divisão local.

O artigo 12 do regulamento da competição determina o seguinte: “Havendo igualdade no número de pontos ganhos obtidos por duas ou mais entidades o primeiro critério de desempate é o maior número de vitórias”. Assim, o Operário, somando quatro vitórias na classificação geral não poderá ser alcançado pelo CDC que - caso vença e o Operário perca - chegaria a três vitórias.


O regulamento, também, permite o acesso do Operário pelos outros critérios: saldo de gols (+ 10 contra - 2) e gols prós (15 contra 9 do CDC).

Técnico satisfeito

Mesmo com o trabalho longe do ideal, o técnico do Operário comemorou o acesso. “Fico muito feliz porque, como treinador pela primeira vez consegui o acesso e isso vem coroar um trabalho no Operário de puro comprometimento. Tivemos pouco tempo de treino antes da estreia. Essa foi a maior dificuldade, mas estou feliz em subir. Agora é buscar o título”, disse Fábio Luiz. 


Publicidade
Publicidade