Publicidade
Esportes
Craque

Operário quer surpreender o favorito Nacional, assim como fez com o Princesa

No jogo-treino na pré-temporada, o Sapão foi "atropelado", por 8 a 1, pela tropa do técnico nacionalino, Sinomar Naves. Jogadores afirmam que nesta segunda-feira a história vai ser bem diferente 02/03/2015 às 09:53
Show 1
Operário conta com a experiência do volante Clemilton para vencer o Leão da Vila
Anderson Silva Manaus (AM)

Assim como fez com o maior rival, o Princesa do Solimões, o Operário quer voltar a atrapalhar a vida dos grandes do Amazonas, desta vez o adversário será o Nacional. O embate está marcado para a noite de hoje, às 20h, no estádio da Colina, Zona Oeste de Manaus

Com um elenco modesto, nada comparado ao badalado time da capital, o Sapão da Terra Preta espera surpreender o Leão, assim como fez com o Tubarão no empate em 2 a 2, após estar perdendo por 2 a 0.

Para o desafio contra o Leão da Vila Municipal, o volante Clemilton, autor de um bonito gol de falta no último jogo, destaca a qualidade da equipe.

“O Operário hoje é um time que com certeza vai procurar surpreender. Não temos nem 10% da estrutura dos grandes clubes do Amazonas, mas temos grandes jogadores de qualidade que podem surpreender em campo”, afirmou o jogador.

Experiente em campo, o jogador não teme as dificuldades na partida, embora lembre da derrota de 8 a 1 para a equipe anfitriã na pré-temporada.

“Quando fizemos o jogo-treino contra o Nacional estávamos com uma semana de preparação. A parte física atrapalhou. Acredito que esse jogo vai ser totalmente diferente”, destacou o jogador que quer deixar o seu de falta.

Léo entre os 11?

O atacante Leonardo entrou no segundo tempo da partida contra o Rio Negro,  marcou o segundo gol da vitória do Nacional por 3 a 0 e deu uma outra cara a equipe do Leão da Vila.

A movimentação dentro de campo e os gols, já conhecidos pelo torcedor, podem garantir o jogador  entre os titulares.

Ao menos foi o que indicou o técnico Sinomar Naves ao utilizar o jogador no time principal no coletivo apronto do último sábado no C.T Barbosa Filho.

“No treino o professor me colocou entre os titulares. Tudo leva a crer que eu entre como titular”, disse o atacante apelidado carinhosamente de  índio negro.

Quanto a segunda força de Manacapuru, Leonardo não se assusta com o Operário.

O atacante esteve no jogo-treino  em que a equipe goleou o Sapão por 8 a 1, no C.T.

“Fizemos um amistoso contra eles na pré-temporada e ganhamos, mas eu estava machucado. Mas deu para conhecer mais os menos e ver os jogadores da equipe deles”, disse Leonardo, que poderá ocupar o lugar de Hyantony no ataque.

Publicidade
Publicidade