Publicidade
Esportes
Craque

Organização dos Jogos Rio 2016 promove campanha de condutores da Tocha Olímpica

Maior símbolo olímpico será carregada por 12 mil condutores entre atletas e personalidades e pessoas com histórico de superação. A tocha passrá por 300 cidades de todo o Brasil, incluindo Manaus e outros municípios amazonenses 04/08/2015 às 10:14
Show 1
Organização dos Jogos Rio 2016 define condutores da Tocha Olímpica.
Camila Leonel Manaus (AM)

Na tarde desta segunda-feira (3) foi anunciada na ADC Bradesco Esporte e Educação, em Osasco, São Paulo, a campanha de condutores da Tocha Olímpica Rio 2016. A campanha foi lançada faltando um ano para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

 Ao todo, serão 12 mil condutores  entre atletas e personalidades, pessoas com um histórico de superação ou que trabalham em prol da melhoria de sua comunidade ou cidade. Brasileiros acima de 12 anos poderão participar do revezamento que começará em maio e passará por 300 cidades do Brasil.

As inscrições podem ser feitas no site www.bradesco.com/tocha e o diferencial é que a pessoa não pode indicar a si mesma.

“A pessoa entra no site e tem que indicar alguém. Ela não pode indicar a si mesma. Na inscrição, ela vai indicar alguém que tenha uma história ligada ao esporte, ou uma história de superação e que tenha ajuda na história da sua comunidade e de seu país”, explicou o diretor de marketing do Bradesco Jorge Nasser.

A indicação pelo site deverá ter um texto sobre o candidato a condutor, podendo ser acompanhado de um vídeo ou foto. As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de outubro.

As histórias serão avaliadas pro uma comissão formada pelo Bradesco e comitê Rio 2016. Os personagens das histórias selecionadas receberão uma notificação se deseja participar do revezamento. O anúncio final dos 12 mil condutores será feito em fevereiro de 2016.

O Bradesco, juntamente com a Coca-Cola e a Nissan são patrocinadores dos Jogos Rio 2016. O Bradesco, em particular, é patrocinador oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, do Time Brasil e de seis confederações: judô, basquete, esportes aquáticos, vela, rugby e remo.

Ao todo, as seis confederações conquistaram 140 medalhas nos Jogos Pan Americanos de Toronto, se fosse um país, as confederações patrocinadas apareceriam em sétimo lugar no quadro de medalhas.

Bradesco é patrocinador do Revezamento da Tocha, que irá percorrer todos os estados e mais de 300 cidades, durante cerca de 100 dias, até a chegada ao Rio de Janeiro, em 5 de agosto de 2016, para o acendimento da Pira Olímpica, no Maracanã.

“Nosso objetivo é estimular cada vez mais a formação do cidadão que tem o DNA do esporte e que consegue valorizar os valores olímpicos da amizade, respeito e excelência. Nós sabemos como apoiadores que o mais importante não é a medalha. É a jornada. A medalha é  consequência. Nós aprendemos que se deve valorizar o bronze e a prata com o mesmo peso da medalha de  ouro. Não se perde a medalha de ouro, se conquista a de prata. Não se perde a medalha de prata, se conquista a de bronze esse é o grande aprendizado: toda medalha tem uma história especial por trás dela”, explicou Nasser.

Realização de um sonho

Estiveram presentes no evento os  atletas Vitor Benite, medalha de ouro no basquete masculino no Pan de Toronto; Charles Chibana, medalha de ouro no judô; Maria Suelen, medalha de bronze no judô feminino e Maíra Bravo e Júlia Sadar, medalha de bronze no rúgbi feminino.

Para a judoca Maria Suelen, a tocha simboliza um sonho e a expectativa de carregá-la no revezamento é o sonho sendo realizado em dobro. “É um sonho. Essa é a minha segunda olimpíada e essa tocha simboliza esse sonho sendo realizado. Carregar então seria um sonho realizado duas vezes”, disse.

Já o armador da seleção de basquete do Brasil, Vitor Benite, disse porque merece ser indicado para o revezamento. “Não só pelo trabalho em quadra nem pela medalha, mas pela superação. A Tocha é o símbolo máximo da olimpíada e poder carregá-la seria uma honra”, declarou.

Data histórica

Coincidentemente, no dia 03 de agosto de 1920, o Brasil conquistava sua primeira medalha de ouro em uma Olimpíada, com Guilherme Paraense no tiro esportivo, nos jogos da Antuérpia.

No dia três de agosto também, só que em 1936, acontecia o primeiro revezamento da Tocha Olímpica. O revezamento tinha por objetivo resgatar o valor da Tocha que remetia aos jogos antigos da antiguidade em que o fogo simbolizava a chama sagrada roubada dos deuses e dada aos homens. Também no dia 03 de agosto começam as primeiras competições dos Jogos Olímpicos de 2016.

 


Publicidade
Publicidade