Publicidade
Esportes
Craque

Originalidade do time “Amigos da Árvore” no Peldão Verde

O nome escolhido pelo time do conjunto Osvaldo Frota, no bairro Cidade Nova, na Zona Norte, é o que mais encarna a mensagem que o Peladão, há quatro anos, tenta passar 04/10/2013 às 10:05
Show 1
Embaixo do ingazeiro eles traçam a estratégia para vencer os jogos no Peladão Verde
jornal a crítica ---

A CRÍTICA já mostrou aqui como a amizade é valorizada no maior campeonato de futebol do mundo, com inúmeros times carregando no nome a palavra “amigos”. Mas dentre tantos times que tiveram a ideia, nenhum foi tão original quanto o “Amigos da Árvore”.

Sem querer, o nome escolhido pelo time do conjunto Osvaldo Frota, no bairro Cidade Nova, na Zona Norte, é o que mais encarna a mensagem que o Peladão, há quatro anos, tenta passar por meio de projetos e ações ao longo dos cinco meses de competição: a valorização do meio ambiente. Por isso, desde 2010 o torneio se chama Peladão Verde.

O técnico do time, Marcos Benedetto, o “Marquinho”, admite que quando se pensou no nome para a equipe, nem passou pela cabeça deles fazer qualquer homenagem ao meio ambiente. “Na verdade, decidimos por Amigos da Árvore porque tem uma árvore aqui ao lado do campo que é o nosso local de descanso e de descontração depois das peladas”, conta o treinador.

A pelada que sempre termina com uma “barca” debaixo da árvore é realizada às 10h dos domingos, no campo do Osvaldo Frota. No local, há 15 anos, há o confronto entre o time Vermelho e o time Azul.

Apesar de usarem e abusarem da sombrinha fresca proporcionada pela árvore, os boleiros ainda vão precisar de mais tempo para estreitar os laços de amizade com aquele vegetal. No momento, eles têm dificuldade até para identificar de que espécie ele é. Depois de muita discussão, a conclusão a que chegaram é de que se trata de uma ingazeira.

O que os Amigos da Árvore sabem mesmo é fazer gol. A equipe disputa pelo primeiro ano o Peladão, na categoria Master. Até aqui, em dois jogos, já marcou 13 gols. Sete na primeira partida e seis na segunda.

Se uma das ações do Peladão Verde tivesse caído no gosto do time, que era a de o atleta que faz um gol plantar uma árvore, o Amigos da Árvore iria fazer do conjunto Osvaldo Frota uma das áreas mais verdes da cidade.

Apesar das duas vitórias, a classificação para a próxima fase ainda não está garantida. No próximo domingo, o Amigos da Árvore vai decidir em partida contra o Amigos do Jegue da Manaus Moderna quem vai ficar com a liderança da chave 10 do campeonato.

Para derrotar o Jegue, a equipe do Osvaldo Frota tem como arma o meia-atacante “Puguinha”. Ex-profissional, o atleta estreou no time no último final de semana, e marcou dois dos seis gols que o Amigos da Árvore aplicou no Cidadania F. C.

Publicidade
Publicidade