Publicidade
Esportes
Craque

Pablo Casado pode colocar o Amazonas no topo do pódio em Brasileiro de SUP

Após assumir a terceira colocação no ranking brasileiro da modalidade, Pablo Casado tem a chance de conquistar o inédito título brasileiro para o Amazonas na modalidade de esporte aquático que mais cresce no País 26/11/2014 às 14:55
Show 1
Pablo comemora terceiro lugar no pódio com a filha no colo
Felipe de Paula Manaus, AM

O stand up paddle amazonense vai conquistando, remada a remada, o seu lugar no topo dos pódios brasileiros da modalidade aquática que mais cresce no País. O atleta amazonense Pablo Casado é o principal responsável por isso. No último final de semana, ele conquistou mais um resultado inédito na carreira e na história do SUP amazonense.

Ao participar da etapa brasileira da principal competição de stand up do mundo, a Battle of the Paddle (“batalha do remo”, em tradução livre do inglês), Pablo surpreendeu os competidores mais experientes nas águas de Florianópolis, em Santa Catarina, saindo com o vice-campeonato na categoria 14 pés, a mais rápida e disputada do esporte.

Lá, ele também conquistaria o terceiro lugar da penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de stand up, assumindo a terceira colocação do ranking nacional. Agora, Pablo tem chance até de ser campeão brasileiro em sua categoria se ganhar a última etapa no ano, que será realizada no Rio de Janeiro, no dia 13 de dezembro.

Sobre a conquista, Pablo comentou com alegria o resultado. “Foi uma prova muito dura, tinha um forte vento contra, e eu consegui esse resultado histórico. Minha família foi comigo para Florianópolis, temos familiares lá e isso foi um incentivo muito grande”, diz Pablo, que subiu ao pódio com a filha, ainda bebê, nos braços.

“Foram os dois finais de semana melhores da minha carreira”, disse ele, fazendo referência a outro título, conquistado uma semana antes, em Corumbá, Mato Grosso do Sul, na prova Pantanal Extremo 2014. “Não tenho palavras para descrever a importância dessas duas provas na minha carreira".

Retrospectiva

Neste, ano o atleta amazonense já tinha sido notícia ao fazer o trajeto de Manaus a Parintins (420 km) de stand up paddle e subido a posto mais alto do pódio na etapa brasileira de uma das mais importantes competições de stand up do mundo: o Aloha Spirit. "Gostaria de agradecer aos meus patrocinadores, Governo do Estado do Amazonas, Prefeitura de Manaus e Hebron Logística, e a todos que acreditaram no nosso trabalho", finalizou Pablo.

Publicidade
Publicidade