Publicidade
Esportes
Craque

Pacotão do Barezão: 2ª rodada fecha com Rolo Compressor "atropelando" na ponta

Fast Clube reassume a liderança com goleada em cima do Manaus FC nesta terça-feira (3), no Zamithão. Naça passa sufoco, mas supera o Sapão; Tufão toma a virada na Colina; Penarol passa apertado pelo Borbense e Galo segue na rabeira da tabela 04/03/2015 às 19:30
Show 1
Fast assume a liderança do Campeonato Amazonense
Denir Simplício Manaus (AM)

A segunda rodada do Campeonato Amazonense de 2015 se encerrou nesta terça-feira (3), com a partida entre Fast Clube e Manaus FC. A vitória recolocou o Rolo Compressor na liderança do campeonato. Mas a rodada começou com virada do Princesa em cima do São Raimundo, na Colina, no último sábado (28). Enquanto o Rolo Compressor continua atropelando na parte de cima, o Rio Negro segura firme a lanterna do Barezão, após perder o jogo e o técnico.

O Barezão segue firme com os dez clubes brigando para chegar ao final da primeira fase entre os quatro melhores classificados do torneio. E o Fast Clube segue firme na ponta da tabela seguido por Nacional e Penarol, os três times com seis pontos ganhos cada. O que define as posições são os critérios de desempate. Fechando o quarteto classificatório está o Princesa do Solimões, com quatro pontos.

Na parte de baixo do Amazonense está a dupla Manaus FC e Rio Negro. Vale reforçar que os dois últimos colocados ao final do Estadual serão rebaixados à Série B do Barezão.

Tufão – o time da virada?

São Raimundo e Princesa do Solimões abriram a segunda rodada do Campeonato Amazonense, no sábado (28). Foi a primeira partida em uma competição oficial no estádio Ismael Benigno, a Colina. A torcida do Mundico fez festa e foi recepcionar o time que havia vencido de virada o Naça Borbense, por 3 a 2, em Borba, na volta para casa.

O “amargo regresso” veio com uma nova virada, dessa vez contra o Tufão. Depois de abrir o placar com um golaço de Adonias, o time de Eduardo Clara sumiu em campo e tomou três gols do Tubarão do Norte. Com o resultado, o São Raimundo está na 5ª posição com 3 pontos. Na próxima rodada o Mundico atua como visitante em sua própria casa, a Colina, diante do Operário, no sábado (7), às 15h30.

Leão da Velha Serpa econômico

O Penarol fez sua segunda partida no Floro de Mendonça e conseguiu sua segunda vitória. Com gol da revelação Júnior Neymar, o time de Marquinhos Piter fez o bastante para vencer a equipe do Nacional Borbense. Mais uma vez o Camaleão caiu na competição e agora tentará surpreender o Fast Clube no domingo (8), no estádio Carlos Zamith. Depois de mais um revés, o time de Robson Sá permanece na 8ª colocação no torneio.

O Leão da Velha Serpa por culpa da tabela continuará atuando em Itacoatiara, desta vez o adversário é o Operário, no próximo dia 11, no Floro de Mendonça. A partida é válida pela quarta rodada do Barezão. O duelo da terceira rodada foi transferido para o dia 25 de março.   

O jogo das demissões

A partida entre Iranduda e Rio Negro marcou não somente o duelo dos goleados da primeira rodada do Barezão. Mas também o pedido de demissão dos treinadores de ambas as equipes. Mesmo batendo o Galo por 2 a 0, na Colina, o comandante do Hulk, Frederico Braz, pediu o boné e deixou o clube. Em contra partida, Sérgio Duarte “caiu para cima” com a derrota de seus garotos.

A diretoria do Iranduba não perdeu tempo e logo depois que Braz pediu demissão alegando problemas pessoais, convidou Sérgio Duarte para assumir o time Alviverde interiorano. Com a vitória, o Hulk subiu para 6ª posição com 3 pontos. Já o Galo da Praça da Saudade segue rumo ao quarto rebaixamento seguido, na última colocação.

Na próxima rodada o Rio Negro recebe o Manaus, no sábado (7), na Colina. O Iranduba enfrenta o mesmo adversário, mas o jogo é válido pela quarta rodada, no dia 12 de março. A partida do Hulk pela terceira rodada da competição foi adiada para o dia 19, contra o Nacional.

Leão quase engole um “Sapão”

Nacional e Operário se enfrentaram na segunda-feira (2), no estádio da Colina e o que se viu em campo foi uma partida cheia de alternâncias. O Leão da Vila e seu orçamento bem superior ao do Sapão da Terra Preta quase sucumbiu a garra do time de Manacapuru. Com gol de Wanderley, o Naça abriu o placar, mas tomou a virada no segundo tempo. O desespero bateu e o time de Sinomar Naves correu dobrado para superar a equipe de Carlos Tozzi.

No finalzinho do jogo, o mesmo Wanderley fez o gol da reviravolta e deu a vitória ao time da Vila Municipal. Como resultado o Leão cola no Fast Clube, na 2ª posição, já o Operário continua com apenas um pontinho e se segura na sétima posição. O Sapão pega o Tufão, no próximo sábado (7), na Colina. O Naça só volta a atuar no Barezão no dia 12 no clássico com o São Raimundo, na Colina.

Rolo Compressor segue na ponta

Fechando a segunda rodada do Barezão 2015, Fast Clube e Manaus FC se enfrentaram no estádio Carlos Zamith, na noite desta terça-feira (3). O time de Ney Júnior jogou o bastante para vencer até com certa facilidade o Gavião do Norte. A equipe de Fábio Luiz conseguiu anular o Mago Rosembrick, no entanto deixou solto outros feras do time, como Márcio Abrahão, Roberto Dinamite e Embuá.

Com um gol de cada, o Rolo Compressor passou pelo Manaus e voltou a ponta da tabela, com seis pontos ganhos e o saldo de seis gols, dois a mais que o Nacional. O time fastiano volta à campo no domingo (8) contra o Naça Borbense, no Zamithão. O Gavião tentará a recuperação diante do Rio Negro, no sábado (7), na Colina, no que será o “duelo dos lanternas”. Gavião e Galo ainda não somaram pontos no torneio e são os dois piores na classificação.  


Publicidade
Publicidade