Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Craque

Palmeiras é superado pelo Libertad, no Paraguai, pela Libertadores

O próximo compromisso do Verdão acontece quarta-feira (6), às 19h45, na Argentina, contra o Tigre, em jogo válido pela 3ª rodada da Copa Libertadores



1.jpg Jogadores do Libertad comemoram gol contra o Palmeiras
28/02/2013 às 20:49

Na noite desta quinta-feira (28), o Palmeiras foi derrotado pelo Libertad por 2 a 0, em Assunção, no Paraguai, em duelo válido pela 2ª rodada da Copa Libertadores. O jogo marcou a estreia de Valdivia e Kleber na competição.

No primeiro tempo, o Libertad utilizou bem o fator campo, pressionou o Verdão e logo aos 10 min abriu o placar. Nuñes recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Veláquez, que cabeceou para o fundo do gol. (Libertad 1x0 Palmeiras). Já aos 12 min, Mendieta tabelou com Samúdiu e chutou por cima da meta defendida por Fernando Prass.

Quatorze minutos depois, Souza cobrou falta com efeito, mas Muños, bem postado, ficou com a bola. Já aos 31 min, Vinícius arrancou pela esquerda, driblou o zagueiro e chutou em cima do goleiro. No rebote, a bola voltou para o camisa 19, que cruzou para Patrick Vieira, mas o Nuñes defendeu novamente.

Já aos 36 min, Weldinho bateu cruzado e a bola passou por toda área antes de sair pela linha de fundo. Nove minutos depois, Wesley recebeu um belo lançamento de Souza na entrada da área e chutou de primeira, mas a bola bateu na trave direita após leve desvio do goleiro.

Aos 46 min, o árbitro apitou o fim do primeiro tempo. O Verdão voltou para a segunda etapa com duas alterações. Patrick Vieira e Maurício Ramos saíram para a entrada de Valdivia e Kleber.

Com as substituições, o Palmeiras foi para cima, mas os paraguaios aproveitaram a primeira chance que tiveram e ampliaram o placar. Em jogada ensaiada, Samúdio cruzou na segunda trave e Benítez subiu livre para cabecear ao gol. (Libertad 2x0 Palmeiras). Antes da jogada do gol, o juiz havia tirado Henrique de campo após o quarto árbitro vetar a volta do zagueiro, que estava com um sangramento no nariz causado por uma cotovelada sofrida em um lance que o juiz sequer marcou falta.

Após o gol, o Palmeiras ficou um pouco nervoso e começou a errar muitos passes. Mas aos 27 min o Verdão conseguiu penetrar na zaga adversária com uma tabela entre Maikon Leite e Henrique, quando o atacante bateu no canto esquerdo para defesa de Muños. No minuto seguinte, Guiñazu rolou para Vargas, que, do bico direito da área, chutou com perigo por cima do gol.

Dois minutos depois, Samúdio recebeu na entrada da área e arriscou para o gol, mas Fernando Prass fez bela defesa. No restante da partida, o árbitro marcou algumas faltas duvidosas e deixou a equipe alviverde ainda mais nervosa, o que facilitou o Libertad manter o placar até os 48 min, quando o juiz apitou o final de jogo.

O próximo compromisso do Verdão acontece quarta-feira (6), às 19h45, na Argentina, contra o Tigre, em jogo válido pela 3ª rodada da Copa Libertadores.

Escalação: Fernando Prass; Weldinho, Maurício Ramos (Kleber), Henrique e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Souza (Maikon Leite), Wesley e Patrick Vieira (Valdivia); Vinícius.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.