Publicidade
Esportes
Craque

Para voltar a vencer, Fluminense enfrenta a Ponte sob novo comando

Com 34 pontos, as duas equipes entram em campo neste sábado.O Fluminense quer quebrar o jejum de vitórias e a Ponte quer vencer a terceira seguida 18/09/2015 às 19:45
Show 1
Eduardo Baptista chega ao Fluminense para tentar levar o tricolor de volta ao caminho das vitórias
Camila Leonel Manaus (AM)

Quando Ponte Preta e Fluminense entrarem em campo pela 27° rodada do Brasileirão, às 21h (horário Manaus) deste sábado (19), no estádio Moisés Lucarelli, os olhos dos tricolores estarão atentos a uma novidade na beira do campo. Apresentado na manhã de ontem, Eduardo Baptista fará sua estréia no comando do Flu e tentará tirar o time da incômoda sequência de sete rodadas sem vencer. Com 34 pontos, Macaca e Fluzão ocupam a 11° e 12° posição, respectivamente e a tentativa é se manter longe da zona da degola. Hoje, a diferença em relação ao Goiás, primeiro do Z-4 com 28 pontos, é de seis pontos.

O novo comandante tricolor conheceu o elenco durante o treino de sexta-feira  e conversou bastante com os jogadores durante a preparação para a partida diante da Ponte. Baptista assegurou que todos estão empenhados para fazer o Fluzão voltar a vencer, mas disse que não fará muitas alterações na equipe que Enderson Moreira deixou.

“O que tenho que fazer é justiça. O que apresentar melhor desempenho vai jogar. Começa zerado. Conheço todos os atletas aqui. Não vou querer mexer muito na equipe que o Enderson deixou agora. Mas deixei aberto: todo mundo vai poder ter chance de jogar. O jogador se escala, com postura. Dentro do campo são todos homens. Vai jogar aquele que mostrar que realmente merece”, afirmou.

Porém algumas mudanças no time serão necessárias já que o Fluminense será desfalcado pelo lateral-direito Wellington Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Jean, com uma pubalgia e o meia Gerson, com dores na coxa esquerda.

Para manter o embalo

Se o Flu não sabe há muito o que é vencer, a Macaca vem de duas vitórias seguidas (contra Goiás e Santos), mas apesar do entusiasmo pelas vitórias, a Ponte estará em alerta. Isso porque da última vez que enfrentou uma equipe que estava sem vencer, o time de Campinas foi derrotado pelo Vasco por 1 a 0, o que deu fim a uma série de 13 rodadas sem vitórias do time de São Januário. Por isso, todo cuidado é pouco na Ponte parsa que o time não "reabilite" mais um time no campeonato.


Publicidade
Publicidade