Publicidade
Esportes
HALTEROFILISMO

Paratleta amazonense de halterofilismo conquista bronze na Copa do Mundo

Lucas Santos, de 17 anos, agora é o detentor do recorde Sul-Americano na categoria Júnior 16/02/2019 às 14:07
Show zcr0316 10 p01 211ac78f 421e 4ac7 95b7 89dfa145d8cb
Foto: Arquivo AC
Denir Simplicio Manaus/AM

Destaque no Halterofilismo nacional, o paratleta Lucas Santos, 17, voltou a brilhar na sua modalidade.  Integrando a seleção brasileira, o amazonense conquistou a medalha de bronze na Copa do Mundo de ParaPowerlifting, que aconteceu entre os  dias 5 e 8 de fevereiro, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Lucas desembarcou em Manaus na última quarta-feira (13) e, além do terceiro lugar no pódio em Dubai, o paratleta trouxe na bagagem o novo recorde sul-americano do levantamento de peso na categoria Júnior.

“O evento foi muito bom, fiquei em terceiro lugar e quebrei meu recorde lá. O recorde das Américas agora é meu. O  recorde anterior era de 113 (quilos) de um colombiano feito no ano passado na Colômbia, e fiz 118 (quilos), em Dubai”, comemorou Lucas, comentando que o Brasil foi para o país árabe com boas chances de pódio, mas acabou superando todas as expectativas.

“Na verdade, essa Copa do Mundo foi mais pra testar como nós estávamos, mas acontece que a gente fez história. Antes, nós só ficávamos em décimo ou oitavo lugar, e isso era bom. Só que dessa vez a gente ficou em segundo lugar no Adulto e na Júnior a gente ficou em primeiro”, disse.

O resultado na Copa do Mundo em Dubai apenas ratificou a posição de Lucas nos rankings nacionais e internacionais, como ele mesmo comenta.

“No ranking nacional no Júnior estou em primeiro. Sou eu quem reino na minha categoria. No Adulto estou em segundo lugar. Já no Sul-Americano (ranking), sou o segundo no Júnior e terceiro no Adulto. No ranking mundial muito provavelmente estou entre os três primeiros”, enfatizou Lucas, que só volta a competir em março, no Regional, que será disputado em João Pessoa, na Paraíba. 

Publicidade
Publicidade