Domingo, 26 de Janeiro de 2020
Craque

Parecia a Alemanha, mas era só o Lewandowski: atacante do Bayern marca 5 gols em zaga brasileira

Jogador do time alemão precisou de apenas 9 minutos para "destruir" o Wolfsburg, que tem como zagueiros os brasileiros Dante e Naldo, além do volante Luis Gustavo. Assim, como o Brasil na Copa, o artilheiro aproveitou "apagão" da defesa para marcar



1.jpg Naldo e Dante não conseguiram para Lewandowiski que marcou 5 gols em 9 minutos.
23/09/2015 às 12:00

O atacante do Bayern de Munique Robert Lewandowski marcou os três gols consecutivos mais rápidos do Campeonato Alemão em uma incrível sequência de cinco gols anotados na vitória de 5 a 1 sobre o Wolfsburg, nesta terça-feira (22).

O capitão da seleção polonesa virou imediatamente o jogo após entrar no intervalo com o placar em 1 a 0, marcando três gols entre os seis e os 10 minutos da segunda etapa, pouco antes de somar mais dois, incluindo um gol espetacular de voleio, para se tornar o primeiro jogador do Campeonato Alemão a marcar cinco vezes em apenas nove minutos.



“Isso foi simplesmente louco”, disse Lewandowski a jornalistas. “Cinco gols, isso é inacreditável. Estou muito, muito feliz. Essa foi uma grande noite para mim.”

Lewandowski também se tornou o primeiro reserva da Bundesliga a marcar cinco gols, tendo entrado em campo somente no intervalo, e ficou a um gol de igualar o recorde histórico de seis alcançado pelo atacante do Colônia Dieter Mueller, em 1977, numa vitória de 7 a 2 sobre o Werder Bremen.

“Isso é algo que eu nunca presenciei antes”, disse o técnico do Bayern, Pep Guardiola, que ficou incrédulo à beira do campo. “Cinco gols em nove minutos. Robert tem sido um grande jogador na Alemanha e no mundo há algum tempo.”

Os três gols consecutivos mais rápidos a serem marcados anteriormente eram de Michel Toennies, num intervalo de seis minutos em 1991.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.