Publicidade
Esportes
Craque

‘Passa a bola, jogador’: time dinamarquês tem técnico e jogadores ‘maconheiros’

Christannia Sports Club faz do hábito de fumar maconha um ponto de referência do time, que utiliza o apelo à erva como uma das estratégias de dilvulgação do clube no mundo 18/12/2015 às 20:13
Show 1
"Amadores com abordagem profissional", diz a descrição do time em sua página no Facebook
Felipe de Paula Manaus (AM)

Com tradição no futebol, a Dinamarca também é um país de cultura bastante liberal. Prova disso é que um time da quinta divisão do futebol dinamarquês, o Christannia Sports Club faz do hábito de fumar maconha, ato considerado subversivo e, mais do que isso, ilegal em inúmeros países, um ponto de referência do time, que já ganhou a torcida de estrelas da música e do cinema, como o rapper Snoop Dog e o ator Woody Harreson.

De acordo com matéria divulgada no portal UOL nesta sexta-feira, que conta a história do time pelo contexto da cidade de Christannia, distrito de Copenhague, onde a erva é vendida e consumida livremente, o time só tem uma regra para o consumo da droga.  "Quem quiser, fuma na primeira meia hora. Depois, temos 1h30 de concentração em que ninguém pode fumar", conta John van der Klein, ex-jogador e hoje técnico do time.

Outra curiosidade ficar por conta dos slogans do time, que tem página no Facebook com informações me inglês. “Joint us” é um trocadilho baseado na expressão “Join us” (junte-se a nós, em tradução livre), sendo que a palvra "joint" em inglês significa “baseado”, isto é, um cigarro de maconha. “You will never smoke alone“ (você nunca fumará sozinho), por sua vez, já faz referência à música transformada em hino pela torcida do Liverpool.

Publicidade
Publicidade